Jovem autista apresenta projetos de inclusão para João Amin

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News


O deputado João Amin (PP) recebeu em seu gabinete nesta segunda-feira (12) a visita do estudante Marco Antônio do Rosário, de Araquari. O jovem, de 18 anos, é autista e tem projetos para melhorar as condições dos portadores de transtorno do espectro do autismo em Santa Catarina. O senador Esperidião Amin (PP) também participou da reunião realizada na Alesc.

“Já conhecia o Marco Antônio e fico muito feliz em ver sua persistência na busca de soluções para os desafios enfrentados pelos autistas”, afirmou João Amin. “Com certeza suas ideias são extremamente válidas e serão analisadas em meu gabinete e também pelo senador Esperidião”, acrescentou o parlamentar.

Em junho, Marco Antônio já tinha visitado a Alesc para apresentar na presidência da Casa sua proposta para o aprimoramento da legislação voltada às pessoas com autismo e deficiência. A ideia é unificar os direitos e benefícios já existentes no estado para todas as pessoas com deficiência em um único documento. O ativista também sugeriu a criação de um cadastro para que o Executivo conheça o número exato de pessoas com deficiência em Santa Catarina, além de um complemento financeiro para as famílias.

Vale lembrar que em Santa Catarina já existe a Carteira de Identificação do Autista, aprovada pela Alesc, que garante atendimento prioritário em serviços públicos. A intenção é expandir os direitos para pessoas com outras deficiências. Outra iniciativa da Alesc visando à inclusão é o curso de capacitação de professores, com métodos de formação para tratar quem é autista, que está sendo desenvolvido pela Escola do Legislativo. As aulas, gratuitas e totalmente online, serão disponibilizadas para todos os municípios catarinenses.

No ano passado, a convite do deputado João Amin, o empreendedor Leandro Mattos, representando a empresa catarinense Cognisigns, que recebeu o Prêmio de Inovação Internacional por uma tecnologia de inteligência artificial para o diagnóstico de transtornos neurológicos, compareceu na Alesc para divulgar a novidade, uma espécie de scanner digital que possibilita a identificação de autistas. A startup foi reconhecida nos Emirados Árabes como uma das cinco melhores na área de saúde.

Dedicatória em livro
O senador Esperidião Amin aproveitou a ocasião para atender um pedido especial feito por Marco Antônio. O jovem tinha comprado em um sebo o livro “Amin: 30 anos depois”, do jornalista Moacir Pereira, mas ficava incomodado que a dedicatória na obra não era para ele. Durante a reunião, o senador fez uma dedicatória especial para Marco Antônio.

Comente com o Facebook