Últimas tratativas para criação da Delegacia Regional de Maravilha são feitas por Mauro De Nadal

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News


Na tarde desta quinta-feira (8), o presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal (MDB), encaminhou com o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, as últimas tratativas para a criação da Delegacia Regional na cidade de Maravilha. “Um sonho da comunidade há mais de 30 anos e que insistentemente buscamos e hoje estamos mais próximos de realizar. Precisamos facilitar a vida das pessoas e descentralizar as atividades dando mais qualidade de vida à população”, comenta Mauro De Nadal.

A instalação da DRP de Maravilha permitirá a disponibilização dos serviços de forma mais célere e eficaz aos cidadãos dos municípios integrantes, diminuindo assim a demanda nas DRPs de São Miguel do Oeste e de Chapecó, o que levará mais agilidade no atendimento nestas regiões.

“Conhecemos a realidade do Extremo Oeste e somos sabedores da necessidade de instalar a DRP em Maravilha. O governador está sensível ao pedido do presidente Mauro e já demandou a tramitação do processo para a criação e posteriormente a instalação”, comenta Eron Giordani, chefe da Casa Civil.

De acordo com o presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal, que conversou também com o delegado geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, e com o Perito Geral do Instituto de Perícia de Santa Catarina, Giovani Adriano, a demanda também é um desejo da classe.

O anúncio da criação da Delegacia Regional de Policia de Maravilha deve ser feito nos próximos dias pelo governador do Estado, Carlos Moisés, em agenda no Extremo Oeste.

Conheça os serviços que a instalação da DRP de Maravilha permitirá:

1- Criação e instalação da DPCAMI (Delegacia de Proteção a Mulher, à Criança, ao Adolescente e ao Idoso)

2- Criação e instalação da DIC (Divisão de Investigação Criminal).

3- Criação e instalação da Ciretran (Circunscrição Regional de trânsito), que permitirá :

– Realização de todos os procedimentos e etapas nos processos de obtenção da CNH e de mudança de categoria, inclusive a aplicação de provas teóricas e práticas;

– Realização de todos os procedimentos e etapas nos processos de transferência de veículos;

– Realização de todos os procedimentos e etapas nos processos de infração de trânsito;

4- Criação e instalação do setor de Jogos e Diversões Públicas e Produtos Controlados, que permitirá a fiscalização dos estabelecimentos comerciais afetos.

5- Coordenação das ações policiais de modo mais integrado entre os municípios e demais instituições.

A Delegacia Regional de Maravilha atenderá um público de aproximadamente 98 mil pessoas.

Simone Sartori
Jornalista
(48)9137 7124

Comente com o Facebook