Boletim Coronavírus Blumenau – 05/07/2021


Blumenau registra 209 novos casos de Coronavírus

Blumenau registra nesta segunda-feira, dia 5, um total de 58.532 casos confirmados de Coronavírus (Covid-19), 209 a mais do que registrado no domingo, dia 4, quando o município contabilizava 58.323 casos da doença. Dos casos novos diagnosticados, 15 foram por meio de teste RT-PCR, 193 por antígenos e um teste sorológico.

Ao todo, a Prefeitura de Blumenau já fez 211.333 testes para Covid-19. Somente nesta segunda foram processados 749 exames. Entre os casos positivos, 1.189 pacientes estão em tratamento. Destes, 1.099 encontram-se com estado de saúde estável, em isolamento domiciliar e sendo monitorados pela Secretaria de Promoção da Saúde.

Dos casos em análise e confirmados de Blumenau e de outros municípios, 117 pacientes encontram-se hospitalizados, sendo 53 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 64 em enfermaria. Destes na UTI, 45 pacientes são de Blumenau (41 confirmados e quatro em análise) e oito pacientes de outras cidades (sete confirmados e um em análise) e a taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é 80,3% em relação a capacidade atual de ocupação, com 66 leitos ativos. Já em enfermaria são 53 pacientes de Blumenau (49 confirmados e quatro em análise) e 11 de outros municípios (10 confirmados e um em análise), com taxa de ocupação de 36,2%. Além disso, os hospitais da cidade prestaram 432 atendimentos, com 100 deles decorrentes de síndromes gripais.

O município contabiliza também 56.787 casos de pessoas que já passaram pelo período de isolamento e não apresentaram novos sintomas, considerados como recuperados.

A Prefeitura de Blumenau destaca a importância de manter o isolamento social, nos casos em que as pessoas podem ficar em casa. O poder público também reforça as medidas de segurança, que incluem o uso de máscara sempre que sair de casa e a higienização frequente das mãos, com água e sabão ou álcool em gel.

Prefeitura atualiza casos positivos de Covid-19 na educação

Nesta segunda-feira, dia 5, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), atualizou os números de professores, colaboradores e alunos com resultado positivo para Covid-19 nos educandários. Entre o dia 28 de junho e 2 de julho, 17 instituições de ensino foram atendidas. Neste período, sete professores, dois trabalhadores e seis alunos tiveram diagnóstico positivo para Coronavírus. Os dados incluem profissionais e estudantes da rede pública municipal e estadual, além da rede privada de ensino.

Dos 36 mil alunos da rede municipal, apenas quatro estudantes tiveram diagnóstico positivo para o vírus – equivalente a 0,01%. Já entre os mais de 3,3 mil professores efetivos e ACT´s da rede municipal de ensino, apenas cinco tiveram diagnóstico positivo – o que representa 0,15%.

De acordo com o Plano de Contingência Municipal para Educação (PlanCon), o diretor de cada educandário é responsável por comunicar os pais dos alunos das turmas onde foi diagnosticado o caso positivo de Covid-19 – havendo quebra de barreira.

O que é quebra de barreira?

A quebra de barreira, segundo o Ministério da Saúde (MS), define que pessoas sem sintomas que tiveram contato próximo, ou seja, contato físico direto (ex.: apertando as mãos) ou estiveram a menos de 1,5m de distância por um período mínimo de 15 minutos sem utilização de máscara com o alguém que teve resultado positivo para Covid-19. Estas pessoas devem ser afastadas de suas atividades coletivas e podem testadas entre o 5º e 10º dia após o contato.

Blumenau já aplicou 176.495 vacinas entre 1ª e 2ª doses

Nesta segunda-feira, foram aplicadas 2.013 vacinas da primeira dose (totalizando 135.146 aplicações até o momento). Hoje não foram aplicadas segundas doses ou doses únicas. O município segue as determinações da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde (MS) e as deliberações do Governo do Estado. Com a chegada de novas remessas de imunizante a prefeitura vai divulgando em seus canais oficiais (site e redes sociais) os grupos prioritários que podem se vacinar conforme o Plano Municipal de Imunização. Blumenau já aplicou 176.495 vacinas entre 1ª e 2ª doses.

Alô Saúde Blumenau

A comunidade pode contar com atendimento virtual, sem sair de casa, por meio do Alô Saúde Blumenau, pelo telefone 156 (opção 2). O canal possibilita a população esclarecer dúvidas sobre sintomas na pandemia de Coronavírus. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Central de Monitoramento

Os profissionais da saúde que atuam na Central de Monitoramento Covid-19 fazem ligações aos pacientes com diagnóstico positivo para Coronavírus diariamente, das 8h às 17h.

Atendimento Rápido Covid-19

A Central de Referência para Casos Suspeitos de Coronavírus, localizado no Setor 3 do Parque Vila Germânica atende de segunda a sexta-feira, das 7h até as 22h e aos sábados e domingos, das 7h às 19h. O local é referência na região central da cidade para demandas relacionadas à Covid-19.

Durante a semana, o atendimento rápido Covid-19 segue sendo oferecido nos Ambulatórios Gerais da Velha, Garcia, Itoupava e Fortaleza (anexo ao HU da Furb), de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Aos sábados, o Ambulatório Geral da Velha e o Ambulatório Geral do Garcia oferecem atendimento para casos suspeitos de Covid-19, das 7h às 12h.

Somente nesta segunda-feira, dia 5, a Central na Vila Germânica fez 418 atendimentos e 238 coletas para exames.

Atendimento Clínico

De segunda a sexta-feira, o atendimento de casos clínicos não relacionados Covid-19 é oferecido nos AGs Velha, Garcia, Itoupava e Fortaleza (anexo ao HU da Furb), das 7h às 24h. Nos AGs do Centro, Escola Agrícola e Badenfurt o atendimento a estas demandas não relacionadas ao Coronavírus acontece nos dias de semana, das 7h às 21h.

No fim de semana, o atendimento de casos clínicos, não relacionados ao Coronavírus seguem sendo oferecidos no AG Velha e AG Garcia aos sábados, das 7h ao 12h. Demandas que não sejam de urgência/emergência podem ser direcionados às duas unidades.

A atuação dos AGs em horário diferenciado tem por objetivo garantir que o diagnóstico seja feito sem que haja a necessidade de buscar os prontos-socorros, especialmente nos Hospitais Santo Antônio e Santa Isabel, onde o atendimento é priorizado para situações mais graves.

postada em 05/07/2021 19:17 – 70 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook