Programas da Secretaria da Agricultura fortalecem o agronegócio do Alto Vale do Itajaí  


Notícias de Balneário Camboriú - SC HOJE News

Os programas de fomento agropecuário da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural foram destaque na Assembleia Geral Ordinária da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi). Nesta quinta-feira, 27, o secretário Altair Silva e o secretário adjunto Ricardo Miotto apresentaram as ações e projetos da pasta a 28 prefeitos da região.

“Essa integração entre Secretaria da Agricultura, Epagri e secretarias municipais de Agricultura é fundamental para que os produtores rurais tenham acesso aos nossos programas de fomento e possam seguir investindo nas atividades agropecuárias. Em 2021, tivemos uma grande reformulação nas nossas linhas de apoio, com mais aporte de recursos e incentivo a diversificação de culturas. Esperamos em breve anunciar também novos programas para atuar em outras frentes e ajudar ainda mais o desenvolvimento do setor agrícola e pesqueiro de Santa Catarina, prioridades no governo Carlos Moisés”, destaca o secretário da Agricultura, Altair Silva, que participou do evento de forma remota.

Notícias de Balneário Camboriú - SC HOJE News
Foto: Ana Ceron/SAR

Em 2021, a Secretaria de Estado da Agricultura investirá R$ 243,5 milhões para fomentar o agronegócio catarinense e minimizar os impactos da estiagem. Os produtores rurais e pescadores poderão acessar linhas de crédito facilitado, além de programas de regularização fundiária e defesa agropecuária. Além disso, nesta quarta-feira, 26, o Governo do Estado apresentou um Projeto de Lei para destinar mais R$ 100 milhões em ações de combate à estiagem.

Em março deste ano, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, anunciou a criação de seis novas linhas de crédito e subvenção aos juros para melhoria da competitividade e da renda da agricultura familiar e da pesca. São cinco frentes de atuação: financiamentos sem juros; subvenção de juros de financiamentos contraídos junto aos agentes bancários; políticas públicas para jovens e mulheres; apoio para cuidar do solo e conservar água e apoios emergenciais. Esta é uma evolução das várias linhas disponíveis ao longo dos últimos anos.

Boa parte dos municípios do Alto Vale do Itajaí tem sua economia baseada no agronegócio, com origem na agricultura familiar. Segundo o secretário adjunto Ricardo Miotto, o encontro com prefeitos e lideranças dos municípios é fundamental para conhecer as demandas reais dos agricultores e orientar as políticas públicas voltadas ao setor produtivo.

“Nós sabemos que é nos municípios que as coisas acontecem, são os prefeitos que recebem as maiores demandas dos produtores e essas informações precisam chegar na Epagri, que é a operadora das políticas públicas, e até a Secretaria da Agricultura, que elabora essas políticas públicas. Eventos como esse fazem com que criemos ações mais assertivas, com estratégias mais completas e rápidas para que os produtores possam investir na melhoria do seu processo produtivo e com isso agregar valor a sua produção, melhor sua condição de renda e qualidade de vida no campo”, afirma Ricardo Miotto.

A prefeita de Trombudo Central e presidente da Amavi, Geovana Gessner, ressalta a participação da Secretaria da Agricultura e da Epagri na capacitação de agricultores e também os esforços para levar mais investimentos ao meio rural. ” Nós podemos fazer muito mais, queremos buscar e levar tecnologias e mais investimentos para que os agricultores possam se desenvolver.Vimos projetos muito importantes como a melhoria na energia elétrica e internet no meio rural”.

A Assembleia Geral Ordinária da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi) contou com a presença dos prefeitos de Agrolândia; Agronômica; Atalanta; Aurora; Braço do Trombudo; Chapadão do Lageado; Dona Emma; Ibirama; Imbuia; Ituporanga; José Boiteux; Laurentino; Lontras; Mirim Doce; Petrolândia; Pouso Redondo; Presidente Getúlio; Presidente Nereu; Rio do Campo; Rio do Oeste; Rio do Sul; Salete; Santa Terezinha; Taió; Trombudo Central; Vidal Ramos; Vitor Meireles; Witmarsum

Informações adicionais para imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural
E-mail: [email protected]
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook