Deputado Alba confirma presença do governador em Blumenau

Após reunião com o governador Carlos Moisés (PSL), o deputado blumenauense
Ricardo Alba (PSL) confirmou a presença do chefe de estado catarinense em
Blumenau nesta segunda-feira, dia 23. Alba vinha tratando do assunto há semanas,
inclusive elencando uma série de demandas da cidade. No gabinete do governador,
na Casa da Agronômica, recebeu a confirmação da agenda em Blumenau. “Na
bagagem, levamos boas notícias para os blumenauenses”, escreveu o deputado em
suas redes sociais.
Segundo a agenda feita a quatro mãos pela Casa Civil e gabinete do deputado, o
governador passará o dia inteiro no município do Médio Vale do Itajaí. Começa pela
visita ao 10º Batalhão de Polícia Militar, marcada para 9h30min, e só termina após um
jantar que ainda está sendo organizado pelo gabinete do deputado e deverá ser por
adesão. O roteiro inclui visita a hospitais, a um programa de capacitação e entidades
empresariais. “Mais uma vez teremos o governador por muitas horas em Blumenau,
assim como aconteceu em março, quando até pernoitou na cidade”, ressaltou Alba.
Liberação de recursos
A visita do governador a Blumenau está cercada de expectativa. Carlos Moisés já
deixou a claro que não faz visitas para prometer, mas para levar recursos e soluções.
Por esta razão, os blumenauenses aguardam novidades em mais esta estada dele na
cidade. “Levei à Casa Civil uma lista com demandas que precisam ser atendidas no
município”, disse Alba. Algumas foram indicadas como prioridade, ressaltou o
deputado, mas as possibilidades financeiras do estado ditarão os anúncios que o
governador fará em Blumenau.
Alba adiantou que os pedidos estão centrados em quatro áreas: infraestrutura,
segurança pública, saúde e educação. Ele revelou que o governador se mostrou
sensível às demandas apresentadas. “Não será a primeira e nem a última visita do
governador Moisés a Blumenau. Temos certeza de que além das demandas
contempladas nesta visita, teremos muitas outras boas notícias nos próximos meses”,
disse o deputado.

Comente com o Facebook