- PUBLICIDADE GOOGLE-

Projeto aprovado prevê direitos para gestantes das forças de segurança de SC

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

Continua após o anúncio

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (19) projeto de lei que cria o Programa de Proteção à Mulher Gestante das Forças de Segurança Pública de Santa Catarina. A iniciativa, de autoria da deputada Paulinha (Podemos), tem o objetivo de assegurar uma gestação saudável e facilitar o retorno à ativa dessas profissionais.

A proposta busca garantir à servidora em gestação a prioridade no acesso às vagas de permuta e na composição de equipes de trabalho. Também visa proporcionar às lactantes dessas corporações o direito de utilizarem duas horas diárias do período de trabalho para a amamentação dos filhos.

Continua após o anuncio

“Fomos procuradas por policiais mulheres e apresentamos este projeto para, em primeiro lugar, ter este olhar para o momento de finalização da gestação. Nosso objetivo é abrir a possibilidade para que a mulher opte por um serviço administrativo e que ao retornar, nos primeiros meses da licença maternidade, ela também possa dispor de horários alternativos para conciliar a rotina de trabalho com a condição da mãe, e estar presente na vida do bebê”, reforçou Paulinha.

Outro projeto aprovado em Plenário, institui a data de 11 de fevereiro como “Dia Estadual das Mulheres na Ciência”. A matéria é de autoria da deputada Luciane Carminatti (PT). “Queremos demarcar esta data a cada ano, para que possamos dar visibilidade ao protagonismo das mulheres que pesquisam, que tiram tempo da sua vida pessoal e carreira profissional para se dedicar à ciência”, frisou Carminatti.

Continua após o anúncio

As propostas seguem para a sanção do governador, para virarem leis em Santa Catarina.

Com a colaboração de Larissa Martinelli

Fonte: Agência ALESC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais