- PUBLICIDADE GOOGLE-

Município sanciona lei que concede desconto de 23,3% nas faturas de água

O Município, por meio do prefeito Volnei Morastoni, sancionou a Lei Nº 7.618 que autoriza desconto na fatura de água de todas as unidades consumidoras de Itajaí. O desconto será de 23,3% referente ao consumo de água registrado no mês de janeiro de 2024. O valor será debitado na próxima fatura emitida pelo Serviço Municipal de Água, Saneamento Básico e Infraestrutura de Itajaí (Semasa). O objetivo é compensar os prejuízos causados pela turbidez nas torneiras, que atingiu praticamente todas as regiões da cidade no início do ano, com exceção das localidades abastecidas por fontes alternativas.

A proposta de desconto nas faturas foi encaminhada ao Poder Executivo pelo Semasa e passou pela aprovação da Câmara de Vereadores, em duas sessões. A Lei foi publicada na edição nº 2.785 do Diário Oficial, de 15 de março de 2024.

Continua após o anúncio

“A decisão foi tomada após posicionamento da área técnica que detectou problemas após a saída da água das estações de tratamento. A turbidez foi causada por fenômenos climáticos ocorridos no semestre anterior, junto ao alto consumo registrado desde o dia 22 de dezembro, que alterou a pressão e vazão na rede”, explica o diretor geral do Semasa, Diego Antônio da Silva.

A turbidez, ou cor na água, ocorre pelo desprendimento de partículas de ferro e manganês incrustadas nas tubulações que fazem a distribuição da água. A nota técnica, elaborada pela Diretoria de Saneamento e pela empresa terceirizada responsável pelas operações do sistema de água, salienta que nos meses de setembro, outubro e novembro de 2023, a região do manancial de captação do Semasa (rio Itajaí-Mirim) sofreu sete eventos climáticos de grande impacto com diferentes intensidades. Entre eles, o excesso de chuvas, alta de turbidez na água bruta e ainda eventos de “seca” de rede. Essas ações impactaram as operações das estações de tratamento e ocasionaram variações na vazão e na pressão da distribuição de água. Devido a estes imprevistos, o fenômeno indesejado de água suja pode ter se potencializado em alguns bairros.

Continua após o anuncio

Para minimizar os problemas ocorridos, o corpo técnico do órgão realizou alguns procedimentos operacionais, como aumento do agente de quelação (sequestro) dos elementos ferro e manganês nas águas produzidas pelas Estações de Tratamento, aumento efetivo das descargas para limpeza da rede, aumento do agente de floculação de água e limpeza de filtros das ETAs com maior frequência. Estas ações foram complementares para melhorar a qualidade no tratamento e na rede de distribuição e assim minimizar os efeitos da água com turbidez.

Fonte: Prefeitura de Itajaí – SC

Continua após o anúncio

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais