- PUBLICIDADE GOOGLE-

Secretaria de Educação terá nove laboratórios para desenvolvimento de projeto Maker

A Secretaria de Educação, por meio da Diretoria de Tecnologias Educacionais (Ditec) adquiriu materiais e equipamentos para instalação de nove laboratórios que irão desenvolver os projetos Maker junto aos alunos da Rede Municipal de Ensino. Neste primeiro momento serão contempladas a Escola Básica Professora Judith Duarte de Oliveira e E.B. Francisco Celso Mafra, da Itaipava, o Centro Educacional de Cordeiros, a EB Professora Maria Rosa Heleno Schulte, do Espinheiros, o Centro de Educação em Tempo Integral (Cedin) Emilio Gazaniga Júnior e a E.B. José Medeiros Vieira, do São Vicente, o Grupo Escolar Guilhermina Buchele Muller, da Fazenda, a Escola Básica Padre José de Anchieta, da Canhanduba e a E.B. Arnaldo Brandão, da Barra do Rio.

Na manhã desta sexta-feira (15), cada unidade contemplada recebeu os materiais e equipamentos que vão integrar o laboratório Maker. São impressoras 3 D, máquinas de corte, placas Arduíno, além de peças e outros componentes, que serão utilizados para a realização dos trabalhos, que têm como filosofia o “faça você mesmo”.

Continua após o anúncio

“O projeto MAKER representa uma valiosa oportunidade para os alunos desenvolverem habilidades alinhadas com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Na BNCC, destacamos a promoção do pensamento científico, crítico e criativo, bem como a valorização da diversidade e da cultura maker, como ferramentas essenciais para o desenvolvimento integral dos alunos. Já no que diz respeito aos ODS, destacamos a educação que desenvolve habilidades relevantes para o mercado de trabalho e para a vida em sociedade, além do incentivo à criatividade e à inovação”, pontuou a supervisora de desenvolvimento de tecnologias educacionais, Edizael Adriana da Rosa.

Os instrutores de informática também participaram de uma capacitação na quinta-feira (14), sobre a utilização dos equipamentos e das ferramentas de trabalho.“A formação foi muito importante, assim como a aquisição desses equipamentos para a gente trabalhar com os nossos alunos. Vai ser uma nova era de partilha de conhecimentos, que ao serem compartilhados também permitem exercitar habilidades socioemocionais, como colaboração, comunicação e empatia, essenciais para uma convivência harmoniosa e construtiva em sociedade”, frisou o instrutor Jaison Isaías Martins.

Continua após o anuncio

“A organização e o planejamento das atividades do projeto também contribuem significativamente para o desenvolvimento da responsabilidade e autonomia dos alunos. E esses equipamentos, de última geração, vão auxiliar nos projetos e também fazer com que o aluno fique inserido nesse mercado novo e tão promissor”, complementou o outro instrutor, Flávio Rogério Rodrigues de Souza.

Fonte: Prefeitura de Itajaí – SC

Continua após o anúncio

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais