- PUBLICIDADE GOOGLE-

Com operação de 762 mil toneladas, Porto de Imbituba registra o melhor fevereiro da história em movimentação de cargas 

A Autoridade Portuária de Imbituba finalizou o mês de fevereiro com importantes resultados e com a movimentação de cargas mantendo números significativos. Registrou a operação de 762 mil toneladas de cargas e um crescimento de 51%, se comparado ao mesmo mês do ano passado.

Em fevereiro, atracaram 22 navios, responsáveis por uma média de 34,6 mil toneladas por embarcação, números que evidenciam o recebimento de maiores volumes por operação. As exportações continuam como o principal fluxo dos produtos que passaram pelo Porto, movimentando mais de 488,2 mil toneladas, aumento de 54% em relação a janeiro (315,3 mil toneladas). Dentre todos os embarques e desembarques, os maiores volumes operados foram o trigo, sal, coque de petróleo, soja, farelos de milho e de soja e contêineres. Com crescimento total de mais de 15% em relação a janeiro, os destaques vão para a movimentação de cargas de trigo, sal e coque de petróleo.

Continua após o anúncio

Para o secretário de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF), Beto Martins, “este é um resultado muito importante para o Porto de Imbituba. Os números expressam todo um trabalho coletivo que vem contribuindo para o desempenho logístico de Santa Catarina”, afirma Martins.

“As condições climáticas favoráveis em conjunto com o atendimento à demanda reprimida decorrente de 2023 trouxeram um mês de fevereiro histórico para o Porto de Imbituba”, destaca o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Urbano Lopes de Sousa Netto.

Continua após o anuncio

Em 2024, a liderança das exportações (58,5% do total), na movimentação total de cargas, vem acompanhada da alta expressiva de 40,3% na tonelagem enviada ao exterior, se comparado ao realizado em fevereiro de 2023. No sentido inverso, as importações garantiram a fatia de 34,6% das operações, com acréscimo de mais de 174% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já a cabotagem (navegação em águas brasileiras), representou aproximadamente 5,5% da movimentação do Porto em fevereiro, apresentando uma redução de 41% na tonelagem de cargas em relação ao mesmo mês do ano passado.

Continua após o anúncio

As principais cargas transportadas, no mês de fevereiro, foram do segmento de granéis sólidos (93% do total) e no ranking geral de movimentação, aparecem no topo: coque de petróleo, trigo, sal, soja, farelos de milho e soja e contêineres. Concluem a relação ainda: sorgo e barrilha, dentre outros.

Ainda em destaque, a extensão do embarque de 287 toneladas de componentes do projeto de geração de energia eólica, em desenvolvimento no Ceará.

Segundo dados do Governo Federal, as operações de importação e exportação em Imbituba movimentaram mais de 294 milhões de dólares entre janeiro e fevereiro de 2024.

Assim, em 2024, a Autoridade Portuária prediz um aumento de 5% em relação às atividades portuárias e de mais de 8,5 milhões de toneladas em movimentação de cargas. Somado a isso e como parte do Planejamento Estratégico da SCPar Porto de Imbituba, o ano prevê investimentos de mais de R$ 96 milhões em obras e tecnologias, por parte da Autoridade Portuária, com ênfase no aumento da sinergia e na busca pela efetividade da relação porto-cidade.

Assessoria de Comunicação da SCPAR Porto de Imbituba

Daniela Pacheco | [email protected]

(48) 98482-4737

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais