- PUBLICIDADE GOOGLE-

Aparelho para desinfecção de ar produzido com a Udesc será apresentado nesta quinta

Um equipamento tecnológico de filtragem e desinfecção de ar para instalações comerciais e hospitalares, desenvolvido com participação da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), será apresentado nesta quinta, 14 de março, em Balneário Camboriú.

O Airshed 600 será exibido no Summit: Cleanair 2024, evento promovido pelo Centro de Educação Superior da Foz do Itajaí (Cesfi), que terá um circuito de palestras focado no fomento de parcerias estratégicas e na promoção de inovações tecnológicas, sobretudo em relação ao tema da Qualidade do Ar Interior (QAI) em espaços compartilhados.

Continua após o anúncio

O dispositivo foi desenvolvido pela empresa Ayzer Soluções Integradas a partir de um edital da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) voltado a empresas.

O Airshed 600 realiza um sistema de filtragem e desinfecção em três etapas, juntamente com radiação ultravioleta (UV), atendendo aos padrões mais exigentes de qualidade do ar, segundo os fabricantes. O equipamento foi desenvolvido com uma característica móvel, possibilitando sua utilização como um sistema portátil e permitindo o deslocamento e posicionamento em qualquer ponto do ambiente.

Continua após o anuncio

Participação da Udesc

O professor Luiz Antonio Alves, da Udesc Balneário Camboriú, explica que no desenvolvimento do produto físico houve a orientação quanto algumas normas. “Após o protótipo pronto, fizemos alguns cálculos de vazão e tempo de filtragem, bem como, cálculos para verificar a saturação de ozônio gerado pelo aparelho”, comenta.

Continua após o anúncio

Adicionalmente, no final de 2023 e início desde ano, o equipamento começou a ser testado no Hospital de Clínica Veterinária do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) da Udesc, em Lages. A coordenadora do hospital, professora Mere Erika Saito, destaca que “as características técnicas do equipamento apresentam grande utilidade no controle de agentes infecciosos, demonstrando potencial para contribuir na redução, inclusive, de bactérias ultra resistentes “.

Para o professor Luiz Alves, está sendo importante a parceria com a Udesc para o desenvolvimento do produto. “Toda parceria entre uma universidade pública e o setor privado é extremamente importante, porque unimos a expertise do pesquisador com a agilidade da indústria, algo que cada parte não consegue desenvolver de forma satisfatória porque efetivamente não faz parte das suas atividades fins”, comenta.

Eficiênciatambémcontra a covid19

Segundo informações do fabricante, o Airshed 600 utiliza o filtro HEPA – uma tecnologia empregada em filtros de ar com alta eficiência na separação de partículas. De acordo com os desenvolvedores do produto, o filtro utilizado possui uma camada dupla de fibra de vidro que combina eficiência e uma ultra filtração para confinamento de partículas, removendo até 99,99% de poeira, pólen, mofo, bactérias, vírus e qualquer partícula transportada pelo ar com tamanho de 0,3 mícron ou maior.

Além do filtro, que é produzido nos Estados Unidos (EUA) e certificado individualmente um a um, o equipamento é composto de elementos de alta tecnologia, como uma bateria de lâmpadas UV-C e um sistema triatômico de oxidação – um gerador de ozônio eficiente para a eliminação de fungos, bactérias e vírus.

O professor Luiz Alves explica que a radiação ultravioleta na “faixa C” – UVC é bastante atuante na higienização envolvendo microrganismos, “uma vez que é um comprimento de onda de luz que carrega muita energia (é a radiação que mais causa o câncer de pele durante exposição ao sol) – desta forma aliar a luz UVC durante o processo de filtragem, nos parece uma boa solução”.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: [email protected]
Telefones: (48) 3664-7935/8009

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais