- PUBLICIDADE GOOGLE-

Saúde de Camboriú recomenda o uso de repelentes no combate a dengue

Tome cuidado ao comprar o produto: procure repelentes com Icaridina 20-25%, DEET 10-15% ou IR3535

Não há remédio para combater a dengue. Mas existem vários métodos para evitar a proliferação e o contato com o mosquito Aedes Aegypti. Um dos meios mais eficazes é o uso de repelentes. A Secretaria de Saúde de Camboriú recomenda o uso do produto e fornece repelentes aos funcionários que atuam nas ruas do município. O item pode ser encontrado loção, creme ou spray.

Continua após o anúncio

A repelente é eficaz para evitar a picada do mosquito Aedes Aegypti e, por consequência, a infecção pelo vírus. Porém, nem todos os produtos são efetivos contra o transmissor da dengue. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o repelente deve ter uma das seguintes substâncias em sua composição: Icaridina 20-25% (duração de dez horas), DEET 10-15% (duração de seis a oito horas) e IR3535 (duração de até quatro horas).

Por ter uma duração maior na quantidade de horas de proteção, a Icaridina 20-25% é a substância considerada mais efetiva contra o Aedes aegypti. O uso de repelentes é recomendado apenas a partir dos seis meses de idade. Até os dois anos é indicado que a criança use apenas produtos com IR3535. Também não é recomendada a aplicação superior a três vezes por dia do produto em adultos e crianças.

Continua após o anuncio

O coordenador do Departamento Vigilância Sanitária (DVS),Pedro Mendonça, ressalta que pessoas que já estão contaminadas com o vírus também precisam usar repelente. “Se estamos infectados nos tornamos um transmissor em potencial. Outro mosquito pode nos picar, contrair a dengue e contaminar outra pessoa, assim repassando a doença”.

Ainda, como forma de aumentar a proteção, os inseticidas em spray podem ser utilizados para matar o transmissor da dengue. Os repelentes elétricos, que liberam substâncias quando colocados na tomada, também são uma boa opção para reduzir a entrada de mosquitos no ambiente. Eles devem ser instalados perto de portas e janelas, em locais com boa circulação de ar.

Continua após o anúncio

Cuidados:

  • Evitar o contato direto do repelente como olhos, nariz e boca. Os produtos podem ser usados no rosto, mas é recomendado primeiro passar nas mãos e então espalhar no rosto;
  • Não dormir com repelente. O ideal é tomar banho para tirar o resíduo do produto antes de dormir. O repelente pode ser borrifado na área da cabeceira da cama para espantar o mosquito;
  • Sempre passar o repelente após os demais cosméticos. Se for usar hidratante, filtro solar ou maquiagem, espere secar e então aplique o repelente;
  • Sempre lavar as mãos após o uso do produto.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais