________
- PUBLICIDADE GOOGLE-

Vale-Carne vai reforçar a mesa dos brasileiros do Bolsa Família. Confra como receber

Em uma nova medida para combater a insegurança alimentar e melhorar a nutrição das famílias brasileiras mais vulneráveis, o governo federal estuda a implementação de um benefício adicional ao programa Bolsa Família: o Vale-Carne. Este auxílio, no valor de R$ 35, promete facilitar o acesso a proteínas de qualidade, essenciais para uma dieta equilibrada e saudável.

Uma proposta de valor nutricional e econômico

O Vale-Carne, uma iniciativa proposta por um grupo de pecuaristas do Mato Grosso do Sul, visa oferecer aos beneficiários do Bolsa Família a possibilidade de adquirir até 2 quilos de carne bovina por mês em estabelecimentos conveniados. A medida, além de combater a fome e a má nutrição, busca estimular a demanda no setor pecuário nacional, enfrentando desafios econômicos e promovendo a produção local.

Continua após o anúncio

Quem tem direito ao Vale-Carne?

O benefício seria destinado às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com especial atenção àquelas já beneficiárias do Bolsa Família. Estima-se que aproximadamente 19,5 milhões de pessoas poderiam ser elegíveis para receber o Vale-Carne, representando uma significativa parcela da população em situação de vulnerabilidade.

Implementação e impactos

Ainda em fase de análise pela Casa Civil e pelo Ministério do Desenvolvimento Social, a proposta do Vale-Carne busca avaliar as implicações fiscais, econômicas, nutricionais e até ambientais da medida. A ideia, que já recebeu apoio de diversos setores, ainda não tem uma data definida para o início dos pagamentos, refletindo a cautela do governo em assegurar a implementação responsável de novas políticas públicas.

Continua após o anuncio

O valor do benefício e o poder de compra

Com o valor proposto de R$ 35, o Vale-Carne permitiria a compra de aproximadamente 1 kg de contrafilé, um dos cortes mais populares entre os consumidores brasileiros. No entanto, é importante considerar que os preços da carne podem variar significativamente em todo o território nacional, influenciados por fatores como região, época do ano e dinâmicas de mercado.

Continuidade dos pagamentos do Bolsa Família

Enquanto o Vale-Carne não é implementado, os pagamentos do Bolsa Família seguem normalmente. O calendário oficial para março já foi divulgado, com os repasses começando no dia 15 e seguindo a ordem determinada pelo número final do NIS dos beneficiários.

Continua após o anúncio

A proposta do Vale-Carne do Bolsa Família surge como uma esperança de melhoria na qualidade da alimentação das famílias brasileiras em situação de pobreza, ao mesmo tempo em que representa uma potencial alavanca para a economia nacional, especialmente para o setor pecuário. A medida, ainda em análise, reflete o compromisso do governo em buscar soluções inovadoras para os desafios sociais e econômicos enfrentados pelo país.

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais