________
- PUBLICIDADE GOOGLE-

Mães Solteiras recebem reforço no Bolsa Família: Pagamentos chegam a R$ 850 em março

Em uma iniciativa que reforça o compromisso com as famílias mais vulneráveis do país, o programa Bolsa Família anuncia um aumento significativo nos pagamentos para mães solteiras. Neste mês de março, o valor mínimo destinado a esse grupo alcança R$ 850, superando o patamar básico de R$ 600 oferecido regularmente pelo programa. Este incremento vem como um alívio e reconhecimento da dupla jornada enfrentada por essas mulheres, que desempenham o papel de mãe e pai em seus lares.

Um Olhar Ampliado sobre os Benefícios

O Bolsa Família, responsável por assistir mais de 21 milhões de famílias brasileiras, opera com uma base de pagamento mínimo de R$ 600. No entanto, a estrutura do programa permite a inclusão de benefícios adicionais que podem elevar consideravelmente o valor recebido mensalmente, especialmente para grupos específicos como as mães solteiras.

Continua após o anúncio

Para acessar esses benefícios extras, é fundamental que as mães mantenham suas informações atualizadas no Cadastro Único, procedimento que pode ser realizado em qualquer unidade do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). A atualização cadastral é a chave para que o governo identifique as famílias que necessitam de apoio adicional, garantindo assim a liberação dos valores complementares.

Como Funciona o Pagamento

Os pagamentos do Bolsa Família, incluindo os benefícios extras, são efetuados diretamente na conta poupança social digital, acessível pelo aplicativo Caixa Tem. Esse sistema facilita a vida dos beneficiários, permitindo-lhes realizar pagamentos, transferências e saques do benefício social com maior comodidade e segurança.

Continua após o anuncio

Benefícios Extras: Um Diferencial Importante

O programa Bolsa Família inclui uma série de benefícios adicionais que podem ser agregados ao valor base, dependendo da composição e das necessidades específicas de cada família. Entre eles, destacam-se:

  • Benefício de Renda de Cidadania: adiciona R$ 142 por membro da família;
  • Benefício Complementar: assegura que o total recebido pela família não seja inferior a R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: oferece R$ 150 mensais para cada criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar: concede R$ 50 adicionais por mês para gestantes e jovens entre 7 e 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: destina R$ 50 extras para cada membro da família com até sete meses de idade;
  • Benefício Extraordinário de Transição: garante que nenhum beneficiário receba menos do que o valor previamente estabelecido pelo Auxílio Brasil, até maio de 2025.

Esses benefícios representam um suporte vital para as mães solteiras, ajudando-as a cobrir despesas essenciais e proporcionando um pouco mais de estabilidade financeira para suas famílias.

Continua após o anúncio

O reforço no pagamento do Bolsa Família para mães solteiras em março é um passo importante na direção de uma política social mais inclusiva e atenta às necessidades de todos os brasileiros, especialmente aqueles em situação de maior vulnerabilidade.

Gostou da notícia?

Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI é grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!

Siga o SC Hoje News no Google News para ficar bem informado.
Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews
Siga nossa página no Facebook: @schojenews
Inscreva-se no nosso Canal no YouTube: @schojenews

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais