- PUBLICIDADE GOOGLE-

Policiais militares temporários devem reforçar segurança em Jaraguá do Sul e região

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Parlamentares em reunião com o comando da PM

Continua após o anúncio

Em reunião na tarde desta quarta-feira (6) com o Comando-Geral da PMSC, os deputados Antídio Lunelli (MDB) e Dr Vicente Caropreso (PSDB), ao lado do prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Franzner, reivindicaram uma série de pautas relacionadas à segurança na região. Entre elas, o aumento do efetivo do 14º Batalhão.

O comandante-geral da PMSC, Aurélio Pelozato, adiantou que o pedido será atendido quando o concurso público da instituição, suspenso pelo STF, for liberado. Enquanto isso, a solução apontada para a falta de policiais em diversas regiões de Santa Catarina será a contratação de militares temporários.

Continua após o anuncio

Conforme Pelozato, projeto de lei que será encaminhado à Alesc prevê que os novos policiais atuem como médicos, dentistas, assistentes sociais e também no atendimento de ocorrências pelo 190. Com os temporários nessas funções, mais policiais efetivos poderão agir nas ruas dos municípios catarinenses.

Os deputados Lunelli e Caropreso aprovaram a medida e se comprometeram em trabalhar pela aprovação do projeto no Legislativo. “Esse modelo não é novidade no Brasil. O Exército, por exemplo, já o adota. Então, é uma forma de ampliarmos o efetivo da PM e oferecer um atendimento mais eficaz para nossa população, tanto nas ruas quanto nas chamadas urgentes, nos primeiros socorros e outros serviços”, pontua Lunelli.

Continua após o anúncio

O deputado Caropreso destacou que o 14º Batalhão está no seu limite operacional e que as ações anunciadas pela PMSC devem ajudar, neste primeiro momento. “Também saímos da reunião com o compromisso de que as operações policiais em Jaraguá e região serão intensificadas e avançamos no debate sobre ampliar a rede de proteção social para o policial militar.”

A previsão do comandante-geral é que 3 mil novos militares temporários passem a atuar no Estado. Para o prefeito de Jaraguá, a reunião foi positiva. “O aumento da criminalidade na região nos preocupa muito, principalmente com os últimos acontecimentos. Mas, saímos daqui com boas notícias e penso que, num curto período de tempo, vamos conseguir melhorar essa questão”, enfatiza.

Sobre a ampliação do prédio de videomonitoramento, que funcionará na antiga sede da Câmara de Vereadores, o comando-geral garantiu que o projeto está em andamento.

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais