- PUBLICIDADE GOOGLE-

Em mensagem anual, governador destaca atuação da Alesc e fala sobre ações para 2024

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

Continua após o anúncio

O governador Jorginho Mello leu na tarde de terça-feira (6) a Mensagem Anual com os planos do governo para 2024, conforme previsto no artigo 71, inciso X, da Constituição Estadual, marcando assim a abertura do ano legislativo no Parlamento catarinense.

“Quando assumimos encontramos um déficit de R$ 2,8 bi; no final do ano as chuvas torrenciais e enchentes castigaram muitas cidades; não tenho dúvida que foi um ano difícil para todos nós, mas fomos eleitos não para reclamar, mas para trabalhar”, afirmou Jorginho Mello, logo no início da Mensagem à Alesc.

Continua após o anuncio

No final da Mensagem, após elencar as realizações do governo em 2023, o governador falou sobre os planos para 2024.

“Na infraestrutura recebemos 73% das rodovias em condições péssimas e ruins e ainda vieram as enchentes que desmancharam 35 estradas, que hoje já estão consertadas. Vamos investir R$ 2,1 bi no programa Estrada Boa e no final de 2024 vamos entregar 50 estradas restauradas e revitalizadas, para reverter a forma como recebemos, queremos 80% de estrada boa e ótima”, prometeu Jorginho.

Continua após o anúncio

O governador também revelou que cumprirá compromisso assumido com o Alto Vale de desassorear o rio Itajaí-Açu.

“Até a metade do ano vamos começar a fazer a dragagem do rio Itajaí. Vamos investir, estamos economizando dinheiro, peço ajuda desta Casa, dos outros poderes, da Bancada Federal, estamos contratando maquinário para ir para dentro do rio para tirar areia, pedra, madeira”, informou o governador.

A parceria dos poderes na Saúde e nas enchentes

Jorginho agradeceu o apoio financeiro oferecido pelo Legislativo, pelo Judiciário, Ministério Público (MPSC) e Tribunal de Contas (TCE-SC) por ocasião do início do mutirão de cirurgias eletivas e após as enchentes catastróficas de novembro e dezembro de 2023.

“Quero destacar a importância do Parlamento quando começamos a falar sobre saúde pública. A Assembleia bancou R$ 12 mi; O Tribunal de Justiça (TJSC), R$ 6 mi; o Tribunal de Contas, R$ 6 mi; o Ministério Público, R$ 6 mi; e a Bancada Federal mais R$ 50 mi para que iniciássemos as cirurgias eletivas”, lembrou o Chefe do Executivo.

No caso das enchentes, Jorginho agradeceu os R$ 30 mi doados pela Alesc; os R$ 13 mi do TJSC; e os R$ 10 mi do Ministério Público, recursos que foram utilizados para satisfazer as demandas mais imediatas dos municípios atingidos.

“Mesmo com os desafios, tivemos um ano de muitas conquistas e finalizamos com 200 mil cirurgias. No caso do câncer, temos a perspectiva de não esperar mais de 60 dias”, reforçou o governador, que elogiou o trabalho da secretária Carmen Zanotto, além da parceria dos prefeitos e secretários municipais de saúde.

Educação

Jorginho destacou a implementação do programa Universidade Gratuita e garantiu que nas cerca de 900 escolas que oferecem Ensino Médio serão ofertados cursos técnicos, em conformidade com as demandas regionais.

Também garantiu a continuidade das escolas cívico-militares e ressaltou o reforço na segurança das escolas com a contratação de policiais aposentados.

Compartilhando os avanços

O governador compartilhou os avanços e as conquistas do Executivo com os parlamentares, com os representantes dos Poderes, secretários de Estado e servidores das diversas secretarias que lotaram as galerias do plenário Osni Régis.

“Os avanços quero dividir com todos os senhores e senhoras. O governador tem pressa, Santa Catarina tem pressa e nós estaremos sempre nesta Casa pedindo o apoio para que tudo aquilo que queremos fazer para Santa Catarina, aconteça”, finalizou.

Vitor Santos
AGÊNCIA AL

Fonte: Agência ALESC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais