- PUBLICIDADE GOOGLE-

Núcleo de Educação Infantil da Barra da Lagoa visita Projeto Tamar durante Educar no Verão

As crianças do Neim Elisabete Nunes Anderle, da Barra da Lagoa, visitaram o Projeto Tamar e puderam aprender muito sobre tartarugas, ecologia e sustentabilidade. A atividade, realizada durante o programa Educar no Verão, foi pensada como uma forma de conscientizar os pequenos sobre a importância da preservação da natureza.

Os integrantes do G3, G4 e G6 (3, 4 e 6 anos) da unidade tiveram uma aula e uma visita guiada com a bióloga Luciana Zagonel, que atua como monitora ambiental do Projeto Tamar em Florianópolis. Ela falou sobre como nascem as tartarugas, movimentos migratórios, desenvolvimento na vida adulta e alimentação, além dos cuidados que devemos ter para cuidar do meio-ambiente.

Continua após o anúncio

Enquanto observavam as tartarugas no tanque de água, as crianças aproveitaram para tirar suas dúvidas e entender um pouco mais sobre estes animais. Luciana explica que este trabalho educacional é feito com muitas escolas e estudantes de todo o estado de Santa Catarina e de fora também. “A importância das crianças virem para cá é a gente trabalhar a educação ambiental a partir dos resíduos sólidos, plásticos, para elas aprenderem sobre esses animais que são tão ameaçados de extinção e assim fazerem ações para a sustentabilidade”.

A supervisora do Neim Elisabete Nunes Anderle durante o Educar no Verão, Tatiane Mora, destaca o papel da Educação em mostrar para os pequenos a questão da sustentabilidade e o cuidado com a natureza. “Fazer a conscientização das crianças sobre a questão do lixo e conscientizar os pais também para isso, para que não joguem lixo nas praias, por exemplo, o que acaba prejudicando as próprias tartarugas”.

Continua após o anuncio

A visita ao Projeto Tamar foi uma das atividades finais da unidade para o Programa Educar no Verão, que se encerra nesta terça-feira (30). O programa da Secretaria de Educação de Florianópolis atendeu cerca de 700 crianças desde o dia 4 de janeiro, em nove núcleos diferentes, espalhados pela Capital, possibilitando vivências diversificadas e prazerosas para os participantes por meio de planejamento coletivo dos tempos e espaços.


Fonte: Prefeitura de Florianópolis – SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais