- PUBLICIDADE GOOGLE-

A cada 12 minutos uma pessoa é salva pelo Corpo de Bombeiros Militar no Litoral catarinense

Foto: Roberto Zacarias / SECOM

Em apenas 37 dias, de 16 de dezembro de 2023 e 21 de janeiro de 2024, as equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) salvaram 2.153 pessoas no Litoral catarinense que estavam em situação de risco, sendo por arrastamento em correntes de retorno ou por afogamentos. Isto significa que por dia, durante as 12 horas em que os postos guarda-vidas estão ativos, cerca de 60 pessoas puderam retornar aos seus lares com vida, já que todas eram potenciais vítimas a ter algum grau de afogamento.

Continua após o anúncio

Dados do CBMSC apontam que, em relação à temporada anterior, houve uma redução de 40% no número de óbitos por afogamento em área guarnecida. Nesta temporada 2023/2024 foram três óbitos enquanto na anterior foram registrados cinco. Isso reforça que todo trabalho que vem sendo realizado pela corporação nos locais em que há serviço de guarda-vidas é efetivo e está alinhado com a missão de reduzir as mortes por afogamento no estado.

A indicação é sempre a mesma: que as pessoas busquem se banhar próximo dos postos guarda-vidas, que se se informem sobre os significados de cada bandeira de sinalização, estejam atentos às orientações dos guarda-vidas, respeitem os avisos sonoros (apitos) e as abordagens preventivas e, principalmente, tenham senso de auto prevenção. Desde o início da temporada já foram realizadas mais de 7 milhões e 450 mil ações de prevenção que envolvem a abordagem direta de banhista (areia e mar), recepção de excursões, ronda na areia da praia, entrega de pulseirinhas para as famílias que estão com crianças ou pessoas que necessitam dessa identificação, entre outros. 

Continua após o anuncio
Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Projeto Golfinho: prevenção e consciência para o público infantil

Só nesta temporada, em todo o estado, o CBMSC já formou quase 3 mil crianças no Projeto Golfinho, que é baseado na conscientização e prevenção sobre os perigos dos ambientes aquáticos e que também promove a cidadania e os cuidados com o meio ambiente. Por meio de atividades lúdicas, as crianças participam de momentos em que aprendem enquanto se divertem. O resultado é um só: crianças conscientes que levam todo esse conhecimento para rotina familiar e para as pessoas com as quais convivem em suas comunidades.

Continua após o anúncio

O afogamento é uma tragédia que pode ser evitada

Com os dias mais quentes é comum que aumente a vontade de se refrescar e mesmo conhecendo os riscos, muitas vezes as pessoas os ignoram e é exatamente neste momento que o afogamento acontece, transformando um dia de alegria e diversão em uma tragédia.

Os afogamentos ocorrem durante todo o ano, mas apresentam maior incidência durante o verão em virtude do aumento no número de pessoas em atividades de lazer nas praias, rios, cachoeiras, lagos, entre outros.

A população precisa ter consciência de que são os atores principais na redução desta tragédia, que pode ser evitada com atenção e prudência.

Por isso, o CBMSC solicita que todos observem as orientações de prevenção ao afogamento e jamais ignorem ou minimizem os riscos, pois é exatamente em momentos aparentemente inofensivos, como um mergulho, uma self, a ida um pouco mais para o fundo, que pode ocorrer uma tragédia. 

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Tiago Ghizoni/SECOM

Investimentos do CBMSC na Operação Veraneio

Nesta edição a Operação Veraneio, que é a maior operação do CBMSC, conta com 149 guarda-vidas militares e cerca de 2 mil guarda-vidas civis voluntários (GVCV) atuando na prevenção e salvamento em todo o Litoral catarinense. Além disso, 262 alunos-soldados em estágio supervisionado para que nenhuma região fique desguarnecida, visto que paralelo a todo o trabalho que envolve a operação, o CBMSC segue atuando ininterruptamente no atendimento ao cidadão catarinense em situações de emergências relacionadas às outras áreas de atuação da corporação, tais como atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio, resgate veicular, entre outros.

Além do capital humano, que está atuando exclusivamente com foco na Operação Veraneio, foram empenhadas mais de 300 viaturas incluindo aviões, helicópteros, moto aquáticas, quadriciclos e embarcações para somar ao trabalho dos guarda-vidas e levar a excelência do atendimento do CBMSC para mais pessoas, de acordo com a necessidade no momento da ocorrência.

Sinalização das praias

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Tiago Ghizoni / SECOM

Diariamente, na ativação do serviço de guarda-vidas, uma bandeira retangular é fixada no posto para que todos que chegam à praia saibam, pela cor, qual é a condição do mar naquele dia. A bandeira vermelha significa alto risco de afogamento, a amarela médio risco de afogamento e a verde baixo risco de afogamento. Há ainda a bandeira retangular lilás, que indica se há incidência de água-viva naquela praia naquele dia.

Já na faixa de areia os guarda-vidas utilizam a bandeira triangular vermelha para indicar um determinado local naquela extensão do mar, que há presença de corrente de retorno e por isso, não é um local indicado para banho por apresentar alto risco de arrastamento e, consequentemente, afogamento.

Todas essas informações podem ser verificadas pelo cidadão antes mesmo dele sair de casa por meio do aplicativo CBMSC Cidadão, no ícone Praias, que também é atualizado diariamente. Este aplicativo pode ser baixado gratuitamente tanto para versão Android quanto para iOS e é um ótimo aliado na hora de planejar um momento de lazer em nosso litoral.

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais