- PUBLICIDADE GOOGLE-

Trato por Criciúma utiliza teste de fumaça para identificar irregularidades no esgoto

Fotos: Divulgação / Casan

Para auxiliar na identificação de irregularidades nas ligações à rede de esgotos, o programa Trato por Criciúma, da Casan, executa testes de fumaça nesta quarta-feira, 24, a partir das 9h. O trabalho será realizado nos bairros Centro e Próspera, nas ruas Rui Barbos e Avenida Osvaldo Pinto da Veiga.

Continua após o anúncio

Os testes são feitos com máquina de fumaça que é colocada no Poço de Visita (PV), local que concentra os pontos geradores de esgoto de toda a rua. A máquina produz fumaça que não é tóxica para circular pela rede e sair pelos pontos conectados à tubulação.

“Se a fumaça aparecer em uma boca de lobo ou sair em ralos pluviais ou calhas do imóvel significa que existe alguma irregularidade na conexão que precisa ser consertada”, explica o engenheiro Eduardo Neckel, da Tec Civil Construções, empresa que executa o Trato em Criciúma.

Continua após o anuncio

Importância do teste de fumaça

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

As tubulações coletoras de esgoto e as de águas pluviais são duas redes diferentes e independentes. A primeira recolhe esgoto de pias, vasos sanitários, máquinas de lavar e chuveiros, entre outros equipamentos domésticos, e leva à Estação de Tratamento para sua devida depuração. A rede pluvial, ou de drenagem, recebe água de chuva, das calhas e da piscina e leva para um curso d’água (rio, córrego, lagoa).

Continua após o anúncio

“Despejar esgoto na rede pluvial é crime ambiental, levando o esgoto até os rios, lagoas ou ao mar. O inverso, água pluvial dentro da rede de esgoto, também causa sérios danos: sobrecarrega o sistema, obstrui a tubulação e extravasa, além de comprometer o processo de depuração na Estação de Tratamento. Os testes de fumaça permitem a identificação desses problemas”, destaca Neckel.

Em caso de identificação de irregularidades, o morador poderá receber um auto de infração da Casan. “Os proprietários dos imóveis que forem identificados problemas de conexão terão o prazo de 60 dias para adequação. Em caso de permanência da situação irregular será emitida notificação e a Companhia fará os encaminhamentos necessários”, frisa o engenheiro.

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -

Veja Mais