- PUBLICIDADE GOOGLE-

Retrospectiva 2023: ano da Celesc é marcado por investimentos, prêmios e atuação eficiente em eventos climáticos

Foto: Eduardo Valente/GOVSC

Investimentos recordes, ampliação e inauguração de subestações, atuação eficiente em eventos climáticos e premiações marcaram o ano de 2023 da Celesc. Em meio a diversos desafios, a companhia obteve homenagens por sua atuação em prol dos catarinenses e pelo desempenho de seus eletricistas, sendo, inclusive, reconhecida como a detentora da segunda menor tarifa residencial de energia elétrica do Brasil.

Continua após o anúncio

Isso tudo, é claro, sem deixar de lado os investimentos na área da responsabilidade social, intensificando campanhas e ações na educação, nos esportes e na cultura.

Só em 2023 a Celesc investiu R$ 900 milhões no sistema elétrico. E, para 2024, a previsão é de R$ 1,3 bilhão, com a previsão de inauguração de novas subestações e usinas.

Continua após o anuncio

O governador Jorginho Mello ressaltou o desempenho positivo da Celesc durante 2023.
“A Celesc é peça fundamental para o desenvolvimento de Santa Catarina. Ao longo destes últimos 12 meses, a companhia demonstrou incessantemente seu compromisso em atender aos cidadãos e fornecer a infraestrutura necessária para impulsionar os negócios de empresários e produtores. Não temos dúvidas que os próximos anos serão ainda mais brilhantes para a Celesc. O governo do Estado, ao lado companhia, segue cumprindo seu compromisso de levar energia de qualidade para o cidadão e o setor produtivo”, destacou o governador Jorginho Mello.

O presidente da Celesc, Tarcísio Rosa, destacou a dedicação dos celesquianos para oferecer um serviço de qualidade aos catarineneses. “Ficamos muito contentes de ver que a Celesc tem se tornado motivo de orgulho para Santa Catarina. Enfrentamos muitos desafios neste último ano, mas todo o nosso pessoal – atendentes, técnicos, gerentes – demonstraram empenho para garantir o melhor serviço para a população. Estamos cumprindo a missão dada pelo governador Jorginho Mello, que é trabalhar firme por uma Celesc cada vez mais forte e eficiente, que fornece energia de qualidade para todos os catarinenses”, ressaltou o presidente.

Continua após o anúncio

Operação Verão

A Celesc preparou uma série de ações específicas para atender à alta da demanda no setor de energia elétrica por conta da temporada de verão em Santa Catarina, e assim garantir ainda mais confiabilidade ao sistema. A organização da Operação Verão é feita ao longo do ano e incluiu contratação de equipes de reforço, realocação de pessoal para áreas com mais movimento, além do posicionamento de Subestações móveis, torres de emergência, inauguração de novas Subestações e a ampliação da capacidade de outras.

Maior investimento da história

Considerado o maior pacote de investimentos da história da companhia, o novo Plano de Investimentos prevê R$ 4,5 bilhões para os próximos quatro anos. Os aportes previstos incluem R$ 3,5 bilhões para a ampliação da capacidade transformadora de subestações existentes, construção de novas subestações, instalação de novas linhas de distribuição, investimentos em média e baixa tensão, além de R$ 1 bilhão em projetos estratégicos.
Só em 2023 foram investidos R$ 900 milhões e a previsão para 2024 é de R$ 1,3 bilhão para a expansão do sistema.

250 km de energia trifásica já completos

O primeiro anúncio importante do ano foi a substituição de 500 quilômetros de rede monofásica por rede trifásica, permitindo que o produtor, principalmente o agronegócio, tenha mais disponibilidade e qualidade de energia elétrica. Desde o lançamento, no início do ano, o projeto já alcançou 250 quilômetros. E o plano é alcançar os 500 quilômetros prometidos até a metade de 2024.

O investimento total será de R$ 40 milhões em recursos da própria estatal, R$ 30 milhões em 2023 e mais R$ 10 milhões em 2024. Cerca de 20 mil consumidores devem ser contemplados com o investimento. A melhoria irá viabilizar ampliações de fábricas e automatizações que exigem uma demanda maior de energia.

Nova subestação em Joinville

A população de Joinville, conta desde 14 de novembro, com uma nova subestação da Celesc.
A unidade beneficia diretamente 20 mil unidades consumidoras dos bairros Boa Vista, Centro, Guanabara, Bucarein e Comasa, e indiretamente a mais de 85 mil, principalmente dos bairros Iririu, Jardim Iririu, Espinheiros, Floresta, Anita Garibaldi, Paranguamirim, Jarivatuba, Ademar Garcia e Ulysses Guimarães. O empreendimento representa R$ 51,2 milhões em investimentos e já está preparado para futuramente ampliar sua capacidade.

Ampliação da subestação Itajaí Salseiros

A Celesc inaugurou no dia 15 de dezembro uma grande ampliação da Subestação Itajaí Salseiros. Ao custo de R$ 40,6 milhões, a obra atende diretamente a 35 mil unidades consumidoras dos bairros Cordeiros, Salseiros, São Vicente, Rio Bonito, São João, São Roque e Espinheiros, além de 85 % do município de Ilhota.

Celesc Geração

Já o parque gerador da empresa deve receber, até 2026, cerca de R$ 460 milhões para sua expansão, modernização e diversificação de fontes.

Entre os destaques está a reativação da Usina Maruim, em São José, com 1,0 MW. A usina histórica, inaugurada em 1910 e desativada em 1972, foi a primeira fonte de energia elétrica da Grande Florianópolis. As obras de reativação desta usina estão em curso e têm previsão de conclusão no primeiro semestre de 2024.

Outro importante investimento da Celesc na área de geração será a ampliação da Usina Salto Weissbach, em Blumenau, inaugurada em 1914. Com investimentos de cerca de R$ 230 milhões, as obras devem ser licitadas no segundo semestre de 2023 e executadas em 30 meses. Como resultado, sua capacidade instalada será aumentada dos atuais 6,3 MW para 29,3 MW.

Usinas fotovoltaicas

A Celesc anunciou a implantação de três novas usinas fotovoltaicas (UFV). As unidades de Capivari, Videira e Lages II serão construídas pela Quantum Engenharia, que venceu a licitação realizada em maio. Juntas, terão capacidade de produzir 5 MW, sendo 3 MW na unidade de Capivari e 1 MW em cada uma das demais.

Investimentos para a indústria

Atendendo à antiga reivindicação da indústria catarinense, o Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda, e a Celesc anunciaram o investimento de mais de R$ 220 milhões em obras que vão ampliar o fornecimento de energia elétrica para o setor produtivo.

Com novas subestações, linhas de transmissão e redes de distribuição, 11 indústrias enquadradas na proposta governamental terão a infraestrutura energética necessária para expandir seus negócios e aumentar a produtividade, gerando 9,5 mil empregos diretos e indiretos em todo o Estado. Os cálculos mostram que haverá retorno de R$ 160 milhões em ICMS para os cofres públicos a partir da efetivação destes investimentos públicos e privados.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Atuação nas chuvas

A Celesc se empenhou em restabelecer o fornecimento de energia após as interrupções provocadas pelas chuvas em diversas regiões de Santa Catarina em outubro e novembro.
Em geral, a maior parte das ocorrências esteve associada a vegetação sobre a rede elétrica, queda de postes e rompimento de cabos.

O Governo do Estado lançou, em outubro, uma série de ações para ajudar famílias e empreendedores catarinenses que sofreram prejuízos decorrentes das chuvas do período. Diante disso, a Celesc anunciou a não suspensãodo fornecimento de energia elétrica de unidades localizadas em bairros de cidades atingidas pelas enchentes que atrasassem o pagamento pelos 60 dias seguintes. Além disso, lançou um programa de parcelamento de contas em até 24 vezes.

Economia na administração estadual

O Governo do Estado e a Celesc assinaram em novembro um acordo de cooperação técnica que prevê uma economia de energia de aproximadamente R$ 70 milhões, no período de cinco anos, para a administração estadual. A parceria prevê a troca de experiências na gestão da energia consumida pelos órgãos do Poder Executivo, buscando a eficiência, a redução das despesas do Estado com a energia elétrica, e a possibilidade de desenvolvimento de novos negócios pela Celesc, atuando no mercado livre e na implantação de fazendas solares.

Celesc no mercado livre

A Celesc vem estudando as regras atuais, e avaliando os cenários possíveis futuros, de forma a preparar sua estrutura para o atendimento aos consumidores por meio de uma comercializadora varejista.

Corredor elétrico

Entre os destaques do plano de investimentos da Celesc está a ampliação do Corredor Elétrico, considerada uma das maiores rotas eletrificadas do Brasil. Santa Catarina hoje conta com mais de 1.500 quilômetros de estradas com estações de recarga — 34 já instaladas, entre semirrápidas (com a duração do carregamento de 80% de um veículo entre 3 e 8 horas) e rápidas (entre 30 e 40 minutos). Um projeto lançado pela Celesc e o Governo do Estado prevê investimentos de R$ 6 milhões para instalar 10 novas estações de recarga em todas as regiões do estado. A parceria é com a Fundação CERTI, que já tem desenvolvido uma série de projetos junto à indústria com relação à mobilidade elétrica.

Incentivo à Cultura

Com o objetivo de valorizar a cultura e a arte de Santa Catarina, o Governo do Estado, a Celesc e a Fundação Catarinense de Cultura apresentaram em 13 de dezembro os projetos aprovados no edital 2023 do Programa de Incentivo à Cultura (PIC). Foram apresentados 66 projetos voltados a áreas como música, literatura, audiovisual e artes visuais. Esses projetos, junto com outras iniciativas voltadas ao esporte, receberam o total de R$ 22,5 milhões em incentivos fiscais ao longo deste ano.

Celesc nas Escolas

Ação importante dentro da Responsabilidade Social, a Celesc lançou o “Celesc nas Escolas”, programa que conscientiza crianças sobre segurança com energia elétrica. A iniciativa visa atuar tanto nas redes públicas quanto privadas de ensino do Estado, abrangendo a faixa etária de 8 a 11 anos.

O material preparado pela Companhia aborda três temas de relevância para a população: segurança de energia, para a prevenção de choque elétrico; a eficiência energética, para a economia; e a energia como um bem público, para o combate da cultura de furto e roubo de fios elétricos e de ligação clandestina.

Seleção de talentos para o Bolshoi

Patrocinadora da Escola do Teatro Bolshoi, de Joinville, a Celesc promoveu a pré-seleção de alunos em Florianópolis, na Quadra da Escola de Samba Consulado, e, em Joaçaba, na Escola de Educação Básica Governador Celso Ramos. Os aprovados tiveram a oportunidade de participar da Seleção Nacional e concorrer a uma bolsa de estudos 100% gratuita para o curso de Dança Clássica da Escola Bolshoi, localizada em Joinville.

Parceria entre Secretaria de Educação, Celesc e Acafe

O Governador Jorginho Mello assinou, em Florianópolis, um termo de cooperação técnica para acelerar as melhorias nas redes elétricas das escolas estaduais, permitindo a instalação de aparelhos como ar condicionado e lousas digitais. O acordo inédito entre a SED (Secretaria de Estado de Educação), Acafe e Celesc está mapeando as carências elétricas das escolas estaduais, agilizando a melhoria da infraestrutura e ampliando a capacidade de fornecimento de energia nas unidades.

:: Assista ao vídeo:

Prêmio Abradee

A Celesc foi reconhecida pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee) como a melhor distribuidora de energia elétrica da região Sul do Brasil. A premiação foi realizada no final de julho, em Brasília. Além de vencer o prêmio da região Sul, a Companhia também foi reconhecida com o terceiro lugar nacional nas categorias “Avaliação do Cliente” e “Evolução do Desempenho”.

Prêmio internacional

A Celesc ficou em segundo lugar no prêmio internacional da Comissão de Integração Energética Regional (CIER), na categoria de empresas com mais de 500 mil consumidores. A iniciativa visa a reconhecer a qualidade do trabalho prestado por empresas latino-americanas do ramo de distribuição de energia.

2º lugar no rodeio nacional de eletricistas

A Celesc conquistou o 2º lugar geral no VIII Rodeio Nacional de Eletricistas – Inovações e Melhores Práticas. No total, a companhia levou 30 medalhas para casa. Na competição, eletricistas se deparam com postes, equipamentos e estruturas que representam uma rede de distribuição de energia elétrica. O desafio é executar as atividades no menor tempo possível, prezando acima de tudo pela segurança e qualidade da entrega ao cliente.

Homenagem na Alesc

A Celesc foi homenageada em novembro, em sessão solene da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC). Diversos celesquianos participaram da cerimônia, que foi proposta pelo deputado Fabiano da Luz (PT) e assinada por todos os deputados. O reconhecimento buscou celebrar o aniversário de 68 da Companhia, que ocorreu no início de dezembro.

Reconhecimento pela segunda menor tarifa do País

Dados de resoluções da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de outubro mostraram que a Celesc tem a segunda menor tarifa residencial do País, comparando com as demais concessionárias de energia do Brasil.

Reinauguração de lojas

Mais próxima aos clientes, a loja de atendimento da Celesc no Centro de Florianópolis foi reinaugurada em setembro, localizada à Rua Saldanha Marinho, nº 374, esquina com a Rua Anita Garibaldi. Anteriormente, o local já foi utilizado como loja da Companhia até 2019.
Também foi inaugurada nova loja em Curitibanos e reinaugurada a loja em Otacílio Costa.

Medidores Inteligentes

Reconhecida como a cidade mais conectada e inteligente do Brasil, ao liderar o Ranking Connected Smart Cities, Florianópolis tem mais um motivo para se orgulhar deste título.
A Celesc começou o processo de instalação de medidores inteligentes para clientes de Florianópolis. A operação começa no bairro Coqueiros, com base em questões logísticas, e ao longo de 36 meses será expandida para todas as demais regiões da Capital. Ao todo, o investimento será de R$ 116 milhões.

Os medidores antigos serão trocados por equipamentos modernos, que fornecerão informação em tempo real do fornecimento de energia e maior agilidade no religamento da luz.

Implantação do novo sistema comercial Conecte

A Celesc deve lançar em 2024 seu novo sistema comercial, o Conecte, que irá mudar toda a experiência digital do cliente com a companhia – aplicativo, agência web.
Será um sistema mais intuitivo, ágil, que irá permitir acompanhar todas as etapas da solicitação e pagamento de faturas via pix.

Combate ao roubo de cabos

A Celesc e Secretaria de Estado da Segurança Pública alinham ações para combater o furto de cabos na rede elétrica. Entre as ações está o compartilhamento de informações da Celesc para que as forças de segurança conheçam melhor o comportamento dessas quadrilhas, atuando na prevenção e na raiz do problema, que é o esquema de compra e venda ilegal desses materiais.

Limpezas de postes

A limpeza de postes foi um tema recorrente ao longo de 2023. A Celesc realizou mutirões em Florianópolis, Blumenau, Jaraguá do Sul e Chapecó para recolhimento, limpeza e retirada de fios ociosos e clandestinos pendurados em postes.

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS