- PUBLICIDADE GOOGLE-

Hospital São José de Joinville conscientiza sobre prevenção ao câncer de pele

No mês em que inicia o verão e o período de maior exposição ao sol, a campanha Dezembro Laranja reforça a importância da prevenção ao câncer de pele.

No Brasil, entre os tumores malignos, os de pele são os mais comuns e representam cerca de 30% de todos os registrados no país, de acordo com o Ministério da Saúde (MS).

Continua após o anúncio

Entre eles, o carcinoma basocelular e o carcinoma escamoso são os mais comuns e podem ocorrer em toda a superfície da pele, incluindo lábios, boca, orelhas e couro cabeludo. Já o melanoma, considerado o tumor mais grave devido à possibilidade de metástase, representa apenas 3% dos casos.

De acordo com a cirurgiã oncológica do Hospital Municipal São José (HMSJ), Ketheryn Souza de Almeida, esses números também representam o cenário em Joinville.

Continua após o anuncio

“Aqui temos grande incidência do câncer de pele. Pessoas de pele, cabelos e olhos claros fazem parte do grupo em que o câncer de pele é mais frequente. Além disso, há também as questões genética e cultural, já que em regiões de praia a exposição ao sol é maior”, afirma a médica.

Em 2023, o Hospital São José já realizou mais de 500 procedimentos para a retirada de tumores de câncer de pele. “É um número elevado. Em 2022, foram cerca de 400 cirurgias e, em 2021, aproximadamente 300, número que pode refletir a redução de cirurgias não emergenciais, durante a pandemia da Covid-19. Como podemos ver, a cada ano esse número aumenta. E isso pode continuar acontecendo devido ao crescimento e ao envelhecimento da população”, avalia a cirurgiã.

Continua após o anúncio

Cuidados diários

Se proteger da exposição ao sol é a principal forma de prevenção ao câncer de pele. Por isso, deve-se evitar se expor ao sol no período das 10h às 16h quando há maior incidência de radiação solar. Para quem estiver na praia ou piscina, a dica é se abrigar embaixo do guarda-sol e reaplicar o protetor solar a cada duas horas e logo após sair da água.

O uso de protetor solar, aliás, é um hábito que deve ser incorporado à rotina diária, inclusive nos dias nublados, sem esquecer de áreas mais expostas do corpo, como as orelhas e a nuca.

E a doutora Ketheryn reforça: “O uso de protetor com fator de proteção (FPS) a partir de 30 é muito importante. E é ainda melhor se for possível utilizar um específico para a área do rosto e dos lábios. Crianças e idosos também podem usar camisetas com proteção ultravioleta (UV) e chapéu para cobrir as áreas mais desprotegidas”.

Pessoas transplantadas, imunocomprometidas ou que sofreram queimaduras também devem reforçar os cuidados, já que são mais vulneráveis ao surgimento de tumores na pele.

Diagnóstico precoce

Além da prevenção, o diagnóstico precoce do câncer de pele é essencial para o tratamento da doença que, em grande parte dos casos, é concluído apenas com a retirada da pinta. No entanto, dependendo do tipo de lesão, também são necessários tratamentos complementares de quimioterapia e radioterapia.

Dessa forma, lesões que começam com pequenas feridas avermelhadas, com mais de dois meses de duração, que não cicatrizam, que apresentam a formação de casca e coceira, podem indicar carcinomas e devem ser investigadas.

Já para a identificação de melanomas, o método do “ABCDE” pode ser observado pelo indivíduo, conforme explica a doutora Ketheryn: “O ‘A’, é de assimetria onde uma metade da pinta não é igual à outra; o ‘B’ significa bordas irregulares, sem formato arredondado; o ‘C’ é de coloração, sendo que a mesma pinta pode apresentar várias cores, claras, escuras e avermelhadas. A letra ‘D’ diz respeito ao diâmetro da pinta, que nos casos dos carcinomas geralmente é mais do que 6 milímetros; e o ‘E’ refere-se à evolução da pinta que começa pequena e vai aumentando de tamanho ao longo dos meses”.

Onde buscar atendimento

Em Joinville, as pessoas que buscam atendimento para casos suspeitos de tumores de pele devem se dirigir às Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs).

De acordo com as características apresentadas, as lesões poderão ser fotografadas e avaliadas pelo médico dermatologista, por meio de teleconsulta. Havendo necessidade, o usuário será encaminhado para outros exames e procedimentos.

Como dica para curtir não apenas a estação mais quente do ano, a doutora Ketheryn destaca: “Aproveitem bem o verão e se cuidem. A campanha de prevenção ao câncer de pele é em dezembro, mas durante todo o ano precisamos cuidar da nossa pele”.

Fonte: Prefeitura de Joinville SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS