- PUBLICIDADE GOOGLE-

Cidasc lança Balanço Anual das ações com os destaques de sua atuação em 2023

A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) apresenta o seu Balanço Anual das ações em 2023, com o resumo dos trabalhos realizados pela empresa pública durante o ano, sua influência no setor agropecuário e os resultados das iniciativas. O documento demonstra o compromisso de longo prazo da Cidasc, com o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, de promover inovação, aumentar a eficiência operacional e priorizar seus profissionais, como fatores essenciais ao sucesso das ações.

O Balanço da Companhia reflete não apenas o árduo trabalho da equipe, composta por 1.092 colaboradores, distribuídos nos 19 Departamentos Regionais, no Escritório Central, em Florianópolis, em dois laboratórios próprios e, nos 58 Postos de Fiscalização Agropecuária, mas também o comprometimento com a defesa agropecuária, o produtor rural e a economia de Santa Catarina. Para reforçar a equipe de trabalho, a companhia conta, ainda, com a força de trabalho de 400 colaboradores entre terceirizados, estagiários e jovens aprendizes. Para dar mais agilidade e segurança no atendimento ao produtor rural, a Cidasc está presente em 232 municípios do estado (80%). 

Continua após o anúncio
Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Em reconhecimento às suas relevantes entregas, em novembro, a Cidasc recebeu o reforço de 45 novos empregados aprovados no Concurso Público. A contratação vai atender as novas demandas agrícolas, que abrirão frentes potentes de economia para o estado, como, por exemplo, a implantação do sistema de inspeção de bebidas e produtos vegetais em Santa Catarina. Foram contratados técnicos agrícolas, engenheiros agrônomos, assistentes administrativos e de tecnologia da informação.

Embasado pela necessidade de recomposição do quadro funcional de médicos veterinários, e pelo decreto de emergência zoossanitária em IAAP, em aves silvestres, em Santa Catarina, o Governo do Estado contemplou a Cidasc com a autorização para realizar concurso público para contratação imediata de 20 novos profissionais, com formação em medicina veterinária e os demais para formação de cadastro reserva.

Continua após o anuncio
Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Junto a produtores e agroindústrias, o trabalho da Cidasc estabelece condições sanitárias que permitem posição de destaque no mercado nacional e internacional para os produtos do agro catarinense. As ações em defesa sanitária animal, vegetal e inspeção de produtos de origem animal representam mais de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) catarinense. “Que este documento seja mais do que um registro de nossas conquistas, mas um testemunho do nosso compromisso contínuo com a excelência em sanidade agropecuária, a inovação, a ética, a transparência, a segurança dos alimentos e a sustentabilidade”, salienta a presidente da Cidasc, Celles Regina de Matos.

Desafios

Continua após o anúncio
Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Em 2023, o principal desafio da empresa pública, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura (SAR), foi a prevenção e combate à Influenza Aviária de Alta Patogenicidade (IAAP), cujo vírus está em circulação no continente sulamericano. Até o dia 19 de dezembro, foram realizadas 490 investigações de casos suspeitos, com 111 colheitas de amostras para diagnóstico em laboratório. Dos 21 focos registrados em Santa Catarina, 20 são de animais de vida livre e um de aves de fundo de quintal, em Maracajá, Sul do Estado.

Comunicação com a sociedade: Pautas e os posicionamentos na mídia

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

A Cidasc levou informações do seu trabalho em mais de 2.240 matérias veiculadas em diversos e relevantes veículos de comunicação. Através da divulgação espontânea e com transparência, mostramos o compromisso da companhia com a defesa agropecuária e a promoção da saúde única, sempre imbuídos da nobreza da intenção de estar fazendo a educação sanitária. O documento demonstra o compromisso de longo prazo da Cidasc, com o apoio do governo catarinense, de promover inovação, aumentar a eficiência operacional e priorizar seus profissionais, como fatores essenciais ao sucesso das ações.

Os principais destaques do Balanço Anual de 2023 da Cidasc estão indicados abaixo:

Investimentos

Para manter Santa Catarina livre da Influenza Aviária e de outras doenças animais, e de pragas que possam afetar a produção agropecuária ou a saúde da população, a companhia não mediu esforços em fiscalização, mas sobretudo investiu em educação sanitária. Segundo a presidente da Cidasc, Celles Regina de Matos, com o apoio do Governo do Estado, após mais de 10 anos a companhia realizou investimentos na renovação de frota de veículos especializados, com 15 novos veículos, sendo dez caminhonetes de grande porte, e cinco caminhonetes de menor porte, no valor total de R$ 2.718.012,36.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Os veículos foram destinados aos Departamentos Regionais da Cidasc, que cumpriram e superaram suas metas na defesa sanitária da avicultura, no ano em que a Influenza Aviária chegou ao estado catarinense. Outro aspecto avaliado: Os melhores resultados em auditoria da atividade meio, no setor administrativo. “Esses veículos foram adquiridos com recursos do Governo do Estado, destinados às ações de prevenção e enfrentamento à Influenza Aviária de Alta Patogenicidade. O apoio do governo estadual foi fundamental para irmos ainda mais longe na proteção sanitária do plantel comercial de Santa Catarina. O time da atividade administrativa nos dá condições de realizar tudo o que foi planejado”, destaca a presidente da Cidasc, Celles Regina de Matos.

Tecnologia como instrumento de fomento para gestão

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Na área da tecnologia, foram adquiridos 180 tablets, no valor total de R$ 429.627,60, para agilizar o registro das ações realizadas no campo. “Esses dispositivos desempenharão um papel fundamental, permitindo que nossos profissionais realizem suas atividades de maneira mais eficiente, rápida, segura, com acesso facilitado a informações cruciais no campo, imprescindíveis para uma gestão eficiente. O preenchimento dos dados pode ser feito mesmo sem o aparelho estar conectado à internet”, chancela a presidente Celles.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

A presidente ainda reforça a importância da aquisição de drones, que proporcionam uma visão aérea abrangente e eficiente em todas as áreas de atuação. “A tecnologia é uma ferramenta valiosa nas mãos dos nossos profissionais, permitindo um monitoramento mais assertivo, com imagens em alta resolução e alcançando distâncias que são difíceis de monitorar em função do relevo catarinense. O progresso da Cidasc é evidenciado pela transformação que realizamos nos aspectos estratégicos da companhia e operacionais ao longo do último ano, permitindo-nos aprimorar os trabalhos, o atendimento aos produtores rurais e agroindústrias, além de levar educação sanitária para crianças, jovens e adultos, cumprindo, assim, com a nossa missão com toda a sociedade”, analisa Celles.

Presença nas comunidades: Educação Sanitária

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

A Educação Sanitária em Defesa Agropecuária é atividade estratégica e instrumento da Defesa Agropecuária que visa garantir o comprometimento dos integrantes da cadeia produtiva e da sociedade em geral no cumprimento dos objetivos. Além das ações de educação sanitária realizadas nas atividades técnicas, a Cidasc possui dois programas complementares: Projeto Sanitarista Junior e Projeto Sanitarista Acadêmico. Em 2023, o Projeto Sanitarista Junior chegou a 162 escolas, capacitou 567 professores e formou 5.287 estudantes. Já com o Projeto Sanitarista Acadêmico, que busca aproximar da educação técnica e superior, difundir os valores, a cultura e o papel da agricultura de Santa Catarina, bem como o seu potencial para gerar qualidade de vida, com a preservação, equilíbrio ambiental e produção de alimentos seguros, em 2023 levou conhecimento para cinco universidades no Estado de Santa Catarina, capacitou 16 professores acadêmicos e aprendizado para 345 estudantes de nível superior.

Selo de Conformidade Cidasc (SCC)

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Desde a criação do Selo de Conformidade Cidasc (SCC) em 2015, várias empresas participaram do programa. Hoje há 16 agroindústrias certificadas com o Selo e 12 em processo de certificação. Essa certificação é alcançada pelas empresas que receberam a consultoria para implantação dos cerca de 300 requisitos de qualidade de processo e produto e mesmo após certificadas, seguem sendo acompanhadas pela Cidasc, para assegurar o grau de qualidade pretendido. Podem aderir ao programa empresas de produção, beneficiamento, processamento e comercialização de produtos de origem vegetal destinados ao consumo humano. Grãos, farinhas, frutas, geleias e conservas são alguns exemplos de produtos elegíveis para o Selo de Conformidade Cidasc (SCC).

Os produtos certificados com o Selo de Conformidade Cidasc (SCC), se tornam um diferencial competitivo, que atesta para o consumidor que aquele fabricante segue padrões que resultam em um produto de qualidade, seguro para o consumo. Os produtos produzidos pelas agroindústrias certificadas estão presentes nas prateleiras de todo o Brasil, no exterior, e podem ser encontrados em 25 países espalhados pelo mundo.

As empresas certificadas passam por auditorias periódicas, para mostrar que as boas práticas continuam sendo seguidas após a conquista do Selo. Hoje 28 empresas em todo o estado de Santa Catarina, participam do programa, com uma grande diversificação de segmentos de processamento de produtos de origem vegetal destinados ao consumo, gerando qualidade aos produtos produzidos em solo catarinense. 40% de todo o arroz catarinense já é certificado, outros 20% devem alcançar esse nível até o final de 2024. Certificar com grau de qualidade superior 100% do arroz catarinense, é intenção da Cidasc, para o médio prazo.

Nova plataforma eletrônica de emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) para bovinos

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Arte: Ascom/Cidasc.

A plataforma Conecta Cidasc foi desenvolvida a várias mãos dentro do escopo de evolução tecnológica em sistemas de monitoramento e evolução do status sanitário animal, patrimônio de Santa Catarina. A tecnologia é porteira de entrada para a nova era do agronegócio. A transformação digital veio para levar mais praticidade às soluções do campo e oferecer serviços que ajudem o produtor e a agricultura catarinense a serem mais eficientes no dia a dia.

Cidasc recebe auditores do Programa Quali-SV do Mapa

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

De 17 a 26 de maio, a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) recebeu auditores fiscais federais agropecuários, que realizaram a auditoria do Programa de Avaliação da Qualidade e Aperfeiçoamento do Serviço Veterinário (Quali-SV), do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). O programa tem o objetivo de medir a qualidade do serviço veterinário oficial, apontando e buscando soluções para fortalecer e elevar o status sanitário dos estados. O Programa de Avaliação da Qualidade e Aperfeiçoamento dos Serviços Veterinários (Quali-SV), do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), é responsável por planejar, avaliar e promover o aperfeiçoamento do sistema de saúde animal no País, em coordenação com Serviços Veterinários Estaduais (SVEs).

Aprovação em 100% nas missões internacionais

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Santa Catarina recebeu cinco missões técnicas internacionais. A primeira aconteceu em janeiro, com representantes da República Dominicana, para conhecer in loco a defesa sanitária animal e o serviço de inspeção federal, com possível abertura de mercados para a importação de carne bovina e suína de Zona Livre de Febre Aftosa sem Vacinação no país.

Em novembro a Cidasc recebeu duas missões da Coreia do Sul para conhecer e avaliar os processos de produção, abate e controle sanitário de bovinos, aves e suínos. O país é um importante parceiro comercial e importador de produtos de origem animal do Estado.

Entre novembro e dezembro, a companhia recebeu uma missão da Rússia e uma da República Filipina, que representa um reconhecimento significativo da qualidade e segurança dos produtos agropecuários produzidos em Santa Catarina. Essas missões buscam conferir o grau de risco à saúde animal e o nível de confiança que o Estado oferece aos países que pretendem importar nosso produto.

Tenha-se em conhecimento que um Estado somente pode exportar para um país, se o seu serviço de defesa agropecuária oficial for previamente aprovado. Assim é que nossas agroindústrias podem entregar seus produtos no mundo, porque o serviço oficial de defesa sanitária animal foi aprovado primeiro. Esse é o papel da Cidasc no mercado internacional para produtos agrícolas de Santa Catarina.

Departamento Estadual de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Deinp)

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Cabe ao Departamento Estadual de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Deinp) o registro e a fiscalização de estabelecimentos inscritos no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e também a concessão de alguns registros federais, como o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA) e Selo ARTE, destinado a produtos artesanais. A inspeção sanitária garante a inocuidade dos alimentos (que não prejudiquem a saúde do consumidor) e também agrega valor à produção catarinense, que cada vez mais se distingue pela qualidade de lácteos, produtos cárneos, pescados, ovos e mel.

O serviço de inspeção estadual está presente em 154 municípios de Santa Catarina através do Selo SIE, Sisbi e Selo ARTE. 52% dos municípios de Santa Catarina possuem estabelecimentos com alimentos fiscalizados pela Cidasc; esse é o maior número de cobertura de municípios com inspeção no Brasil. São mais de 600 estabelecimentos entre SIE, Sisbi, Selo ARTE em Santa Catarina, com inspeção/fiscalização pela Cidasc.

Em 2023, 24 novas empresas se inscreveram no Serviço de Inspeção Estadual e 21 estabelecimentos catarinenses receberam da Cidasc o registro no Sisbi, que lhes permite comercializar a produção em todo o território nacional. Esta adesão ao selo de inspeção com abrangência nacional tem sido estimulada pela Cidasc, para que as agroindústrias catarinenses tenham novas oportunidades de negócios. No total, 123 empresas de Santa Catarina já obtiveram registro de Sisbi.

Pela mesma razão, a companhia assiste aos produtores para alcançar o Selo ARTE para seus produtos. Criado pelo Mapa para valorizar a produção artesanal, o selo permite a comercialização para todo o Brasil. De janeiro a dezembro de 2023, a Cidasc concedeu 49 novos Selo ARTE, totalizando 111 certificações de produtos artesanais feitos em Santa Catarina. O Selo ARTE cresceu 89% em 2023 em Santa Catarina.

Em relação à fiscalização, a Cidasc realizou 7.057 atividades fiscalizatórias em 2023, entre supervisões, auditorias de processo e documentais. O departamento investiu ainda na capacitação do setor produtivo, oferecendo 26 cursos diferentes na área de inspeção sanitária de produtos de origem animal, através da Plataforma ENA Virtual, estrutura on-line de educação a distância, alocada na Fundação Escola de Governo ENA, que beneficiou mais de 12.000 profissionais ligados à agroindústria.

Selo Comemorativo 30 Anos do Programa Novilho Precoce: Alternativa ao produtor rural

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

O Programa Novilho Precoce, é uma iniciativa pública criada em 1993 para estimular o trabalho de melhoramento do rebanho bovino catarinense, por meio da comercialização de novilhos superprecoces (idade até 20 meses) e novilhos precoces (até 30 meses) no estado de Santa Catarina, que atendam aos parâmetros de tipificação de carcaças. A produção do novilho precoce, além de melhorar a rentabilidade da fazenda, traz vantagens para a cadeia produtiva da carne e para a economia do país.

No ano de 2023, até 31 de outubro, foram abatidos 144.264 bovinos dentro do programa, beneficiando 2.043 produtores, o que gerou um repasse de incentivo financeiro da ordem de R$ 17.397.020,40. Esse valor foi pago a mais, para o produtor rural que produz Novilho Precoce e é um Programa financiado pelo Governo do Estado.

Departamento Estadual de Defesa Sanitária Vegetal

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

O sistema de Defesa Sanitária Vegetal (DSV) é um trabalho estratégico e sistemático de monitoramento, vigilância, inspeção e fiscalização da produção, do comércio e do trânsito de vegetais ou produtos desta origem que possam ser veiculadores de pragas. Ele é benéfico para Santa Catarina, mantendo condições favoráveis para a produção de alimentos de qualidade para o consumidor e para o sucesso do produtor rural.

O Estado se destaca na fruticultura, com a erradicação de pragas que afetam a produção de maçã e de banana, abrindo mais possibilidades de comercialização no país e no exterior. O trabalho do Departamento Estadual de Defesa Sanitária Vegetal (Dedev) é constante para impedir a introdução destas e de outras pragas e para manter outras sob controle. É o caso do vazio sanitário do maracujá, por exemplo.

Além disso, o setor é responsável pela fiscalização do comércio e controle da qualidade de sementes e mudas comercializadas no Estado e do comércio e uso de agrotóxicos. O objetivo do controle é garantir que o produtor rural tenha acesso a insumos de qualidade, dentro da validade e demais características conforme definido na legislação.

Até dezembro de 2023, foram 3.420 fiscalizações no comércio de insumos agrícolas e coletou 443 amostras para controle de qualidade de sementes, com reprovação de 20,85% das amostras. Essa ação protege a saúde pública, o meio ambiente e os interesses econômicos do produtor rural.

Frutas, hortaliças e hortifrutigranjeiros também são testadas. O Programa Estadual de Controle e Monitoramento de Resíduos de Agrotóxicos analisou 887 amostras neste ano. Os alimentos testados tiveram um índice de conformidade de 87,82%, sendo consideradas conforme as amostras sem resíduos, ou que apresentaram apenas resíduos de princípios ativos dentro dos limites autorizados para aquele cultivo.

A Cidasc trabalha persistentemente a orientação e sensibilização de responsáveis técnicos e produtores rurais no sentido da prescrição e uso correto dos agrotóxicos, por meio de palestras voltadas aos produtores rurais e reuniões com entidades. Em 2023, Cidasc realizou mais 3.416 inspeções de pragas e mais de 2.016 fiscalizações em sanidade vegetal, incluindo unidades de produção, unidades de consolidação e vazio sanitário.

Departamento Estadual de Defesa Sanitária Animal

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Compete à Defesa Sanitária Animal a vigilância epidemiológica ativa e passiva (investigação de casos suspeitos comunicados à Cidasc) de doenças que afetam animais de produção, sendo algumas delas consideradas zoonoses, por serem transmitidas dos animais para humanos. Nesta área, a Cidasc executa diversos programas sanitários destinados a monitorar, controlar e erradicar doenças, preservando a produção e a saúde pública.

De 1º de janeiro a 15 de dezembro de 2023, foram realizadas 436.165 fiscalizações de Defesa Sanitária Animal. Outras atividades essenciais para monitorar e prevenir doenças são o controle do trânsito de animais e o cadastro de rebanhos. Caso ocorra uma emergência sanitária, a Cidasc tem acesso a informações valiosas sobre a origem de um animal com suspeita de doença para adotar as medidas necessárias com celeridade.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

Em todo o transporte de animais de produção, a carga viva precisa estar acompanhada de Guia de Trânsito Animal (GTA), que pode ser obtido de forma on-line. Ao longo de 2023, foram registradas 1.409.558 GTAs no sistema informatizado disponibilizado pela Cidasc. No mesmo período, foram fornecidos 1.294.603 brincos de identificação individual, obrigatórios para todo o rebanho bovino e bubalino em Santa Catarina, sendo o único estado da federação com identificação individual e rastreabilidade do rebanho bovino, gerenciado por um software desenvolvido pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc).

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

A certificação de propriedade livre de Brucelose e Tuberculose é um dos principais meios de controle para a sanidade dos rebanhos. O documento valida a sanidade dos animais, agrega valor aos produtos da propriedade e é essencial para a manutenção da saúde pública, já que essas doenças são zoonoses, ou seja, podem ser transmitidas ao ser humano, através do consumo do leite cru, produtos lácteos produzidos com leite cru e contato com os animais doentes. Para comprovar a sanidade do rebanho foram realizados 1.322.823 de exames de Brucelose e Tuberculose, em 2023.

Santa Catarina atingiu a marca de 3.227 propriedades rurais certificadas livres de Brucelose e Tuberculose. Dados que demonstram a excelência da bovinocultura e a qualidade da produção agropecuária catarinense são frutos de um grande esforço para erradicar essas doenças, por parte do Governo do Estado, por meio Secretaria de Estado da Agricultura, da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). O Estado é o quarto maior produtor de leite do país, contabilizando 2.968 propriedades leiteiras certificadas e é o Estado com menor ocorrência no Brasil, de bovinos com Brucelose e Tuberculose.

Para apoiar os criadores, o Governo do Estado de Santa Catarina é um dos únicos do país a indenizar, integralmente, os criadores que cumprem com as normas do Fundo Estadual de Sanidade Animal (Fundesa), pelo abate sanitário de animais doentes, de modo a possibilitar a futura aquisição de animais sadios para a continuidade da produção. Em 2023, indenizou os criadores, através do Fundesa, o valor montante de R$ 24.264.600,31.

Compromisso com a sociedade: Ações no desastre das chuvas

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

A Cidasc tem auxiliado a população que sofreu com fortes chuvas que atingiram o Estado nos meses de outubro e novembro. A companhia incentivou os colaboradores de todos os Departamentos Regionais para auxiliarem a Defesa Civil dos municípios atingidos pelas enchentes. Em Campos Novos, o Departamento Regional da Cidasc usou seu depósito para a guarda de doação de materiais de construção.

No município de Canoinhas e Mafra, os colaboradores da Cidasc ajudaram os moradores na retirada de móveis e seus pertences das casas em áreas de risco, e em Rio do Sul auxiliaram na formação, catalogação e entrega de cestas básicas para os moradores. A empresa auxiliou, também, no transporte de colchões, água, móveis, cestas básicas e produtos de limpeza, para a região do Alto Vale, em ação conjunta com a Secretaria de Ação Social.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Ascom/Cidasc.

A presidente da Cidasc avalia o ano de 2023 como desafiador. “Estamos vivendo um novo momento. Enfrentamos adversidades, como a chegada da Influenza Aviária no Brasil e em Santa Catarina, enchentes em várias regiões do Estado, onde nossos produtores rurais perderam o seu ganha-pão. A Cidasc é uma empresa com propósito e, com sua presença forte, outras vezes com sua mão invisível, sempre esteve ao lado dos que precisaram de nós em vários momentos. Sempre contando com total suporte do Governo do Estado, guiados pela ciência e tecnologia, motivados pela nossa missão de servir com nosso trabalho e produzir alimento com saúde, preservando o ambiente e cuidando da vida, fizemos a diferença construtiva na vida de muitos catarinenses”, finaliza Celles.

Mais informações à imprensa:
Alessandra Carvalho
Assessoria de Comunicação – Cidasc
Fone: (48) 3665 7000
[email protected]
www.cidasc.sc.gov.br
www.facebook.com/cidasc.ascom
https://www.instagram.com/cidascoficial/
Ouvidoria: 0800 644 8500

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS