- PUBLICIDADE GOOGLE-

600 pessoas privadas de liberdade de SC participaram da 4ª Jornada da Leitura no Cárcere

Cerca de 600 pessoas privadas de liberdade (PPLs), provenientes de diversas unidades prisionais de Santa Catarina, participaram, entre os dias 22 e 24 de novembro, da 4ª edição da Jornada da Leitura no Cárcere. O evento, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça em parceria com o Observatório do Livro e da Leitura, teve como objetivo principal fortalecer o acesso à leitura para as PPLs.

Ao longo desses três dias, escritores e especialistas de todo o país se reuniram para discutir a leitura como uma prática transformadora no âmbito social. Também foram abordadas as repercussões da Resolução n. CNJ 391/2021, que trata da remição de pena por meio de práticas sociais educativas, destacando a importância dos livros como instrumentos fundamentais na jornada de reinserção.

Continua após o anúncio

De acordo com Joana Mahfuz Vicini, Secretária Adjunta da SAP, as atividades laborais e a participação em programas educacionais são as duas principais ferramentas de ressocialização no sistema prisional catarinense. “A educação no sistema prisional não beneficia apenas os internos individualmente, mas também tem implicações positivas para a sociedade como um todo, promovendo uma reintegração bem-sucedida e contribuindo para a construção de comunidades mais seguras e saudáveis”, ressaltou.

Durante o evento, as PPLs tiveram a oportunidade de participar de painéis e debates sobre a leitura como uma prática poderosa de transformação social, além de assistir a apresentações de boas práticas de leitura no sistema prisional brasileiro e saraus literários com a presença de autores, especialistas, magistrados, egressos, profissionais da administração penitenciária, educadores e voluntários.

Continua após o anuncio

Fonte: Governo SC

Continua após o anúncio
Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS