- PUBLICIDADE GOOGLE-

Fapesc apoia evento inédito no Oeste catarinense sobre mobilidade elétrica

Foto: Milena Nandi/Fapesc

O Oeste de Santa Catarina receberá, pela primeira vez, um evento voltado para o debate e exposição de tecnologias e soluções inovadoras voltadas à mobilidade de pessoas nos centros urbanos. O 1º Seminário em Mobilidade Elétrica para Cidades Inteligentes, será realizado entre 28 e 30 de novembro, em Chapecó, e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), por meio do edital n° 55/2022 – Programa de Apoio à Sensibilização e Difusão para a Inovação em Mobilidade Elétrica no Estado de Santa Catarina.

Continua após o anúncio

O evento ocorrerá no Pollen Parque Científico e Tecnológico e reunirá pesquisadores, estudantes, professores, empresários e representantes do poder público. A realização do seminário é do Pollen e do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Comunitária de Chapecó (Unochapecó).

Além de palestras, painéis e exposições, o evento também contará com a inauguração de um ponto de carregamento de carros elétricos e test-drives em veículos elétricos. Para conferir a programação detalhada e inscrever-se no Seminário, basta acessar o link do 1º Seminário em Mobilidade Elétrica do Oeste Catarinense.

Continua após o anuncio

O gerente de Negócios do Pollen, Rodrigo Savenhago, explica que o objetivo do evento é fomentar a colaboração entre a comunidade acadêmica, o mercado e a indústria dentro da temática. Segundo ele, além de explorar as tendências de produção, a ideia é conscientizar a comunidade sobre os benefícios amplos dessa tecnologia e, assim, impulsionar o avanço significativo da mobilidade elétrica, indo além das preocupações ambientais para abordar os aspectos econômicos, sociais e regulatórios envolvidos.

Para o coordenador do curso de Engenharia Elétrica da Unochapecó, Ademar Tibola, o emprego da mobilidade elétrica provoca reflexões sobre o transporte de pessoas e de mercadorias nos centros urbanos, seja por rodovias, ferrovias, vias aéreas e afins. “A mobilidade elétrica se conecta com a redução de emissão de gás carbônico e a consequente melhoria da pureza do ar, redução de ruído e economia de recursos financeiros. A implementação bem-sucedida da mobilidade elétrica requer também o debate de políticas públicas e infraestrutura adequadas para garantir uma transição suave e abrangente para sistemas de transporte mais limpos e eficientes”, afirma Tibola.

Continua após o anúncio

Colaboração Letícia Sechini, do Pollen

Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc)
[email protected]
Telefone: (48) 98802-5794

Fonte: Governo SC

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS