- PUBLICIDADE GOOGLE-

Zé Milton volta a cobrar aumento no orçamento da Saúde para 2024

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Deputado José Milton Scheffer
FOTO: Giovanni Kalabaide

Continua após o anúncio

Na última reunião da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, o deputado Zé Milton (PP), coordenador da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde, novamente trouxe ao debate a preocupante realidade do orçamento da Saúde, que na proposta da Lei Orçamentária Anual (LOA) terá uma redução de R$ 400 milhões em 2024, em comparação a 2023.

Zé Milton destacou a gravidade da situação, ressaltando as longas filas de espera por cirurgias e a urgente necessidade de investimento na área, ao invés de redução de recursos. “Não podemos ignorar as crescentes demandas da população por serviços de saúde. Reduzir o orçamento neste momento crítico pode comprometer seriamente o atendimento à população catarinense”, argumentou o parlamentar.

Continua após o anuncio

O texto apresentado pelo Poder Executivo sinaliza que os hospitais filantrópicos serão particularmente impactados, enfrentando uma redução superior a R$ 100 milhões na Política Hospitalar Catarinense (PHC) em comparação com o orçamento de 2023.

A preocupação do parlamentar se estende aos hospitais filantrópicos e municipais, uma vez que a proposta de uma nova PHC pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) ainda não foi apresentada.

Continua após o anúncio

Em resposta a essa situação crítica, Zé Milton anunciou sua intenção de apresentar emenda à LOA 2024, subscrita pelos deputados da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde, visando recompor os recursos destinados à Saúde. “Solicitamos ao governo que encaminhasse uma nova proposta para o orçamento da Saúde, principalmente o que envolve a PHC, que atende os Hospitais Filantrópicos e municipais, responsáveis pelo atendimento de quase 80% dos catarinenses, e como não veio até a data de hoje, nós deputados vamos agir para que os hospitais não fiquem desassistidos”, finalizou.

Além disso, o parlamentar solicitou uma audiência com o governador Jorginho Mello (PL) para discutir a questão em profundidade e fez um apelo ao apoio da Comissão de Saúde da Alesc.

Tal atitude teve o respaldo dos deputados Lucas Neves (Podemos), Neodi Saretta (PT) e Dr. Vicente Caropreso (PSDB), que demonstraram também suas preocupações com a redução dos valores destinados à pasta. Os parlamentares destacaram em suas falas a importância dos Hospitais Filantrópicos, bem como a necessidade do aumento dos recursos da Saúde para assegurar a realização das cirurgias eletivas e o atendimento à população catarinense, em especial aos mais carentes.

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS