- PUBLICIDADE GOOGLE-

Importância do desenvolvimento de projetos inovadores é tema de reunião

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Araken de Lima, do Inpi, participou da reunião da Comissão de Economia da Assembleia, nesta quinta-feira (9)
FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

Continua após o anúncio

A Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia e Inovação da Alesc recebeu na tarde desta quinta-feira (9) o chefe da Seção de Difusão Regional do Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) em Santa Catarina, Araken Alves de Lima, para discutir a propriedade intelectual no estado. A iniciativa para que o colegiado recebesse o responsável pelo órgão foi do presidente da comissão, deputado Jair Miotto (União).

“Entender e conhecer o trabalho realizado pelo instituto é o nosso objetivo. Para que possamos assim no que compete a esta comissão, trabalharmos juntos na Assembleia,” disse o parlamentar.

Continua após o anuncio

Araken iniciou a apresentação lembrando que a autarquia é vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, destacando também as atribuições do órgão que é responsável registro marcas, desenhos industriais, programas de computador, concessão patentes e dentre outras. “Propriedade intelectual esta em tudo a nossa volta e ela tem custo e muito valor, fazendo que seu comércio gere por ano bilhões de dólares em receitas, o qual ainda participamos muito pouco”, destacou Lima.

Durante a explanação, o dirigente se mostrou preocupado sobre o déficit das operações de direito de propriedade intelectual. “O Brasil compra muito o direito de utilizar marcas e vende pouco, é preciso que se encontrem outras fontes para financiar estas relações de comércio.”

Continua após o anúncio

Santa Catarina comprou entre 2015 a 2021, US$ 270 milhões e vendeu somente US$ 13 milhões, em sua maioria programas de computador. Mais de 60% dos pedidos de patentes no estado são arquivados por motivos administrativos, o que mostra que é mais um problema a ser resolvido para que a receita possa aumentar.

Ao final, Araken provocou um desafio. “Sabemos da importância e capacidade que temos aqui, por isso temos que entender que colocar a propriedade intelectual na agenda do ecossistema catarinense é urgente, precisamos criar ambientes para promover e dar suporte maior ao empreendedorismo, expandindo negócios inovadores nos centros de inovação”. Ele lembrou que cursos ligados ao tema são oferecidos e gratuitos on line na plataforma do Inpi.

(Com informações de Paulo Corrêa)

Fonte: Agência ALESC

 

Gostou da notícia?

Aproveite para participar do nosso grupo no whatsapp e receba notícias exclusivas diariamente. ENTRE NO GRUPO AQUI! É grátis, e você recebe em primeira mão as nossas notícias!

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Siga o SC Hoje News no Google News para ficar bem informado.

Siga nosso perfil no Instagram: @schojenews

Siga nossa página no Facebook: @schojenews

Inscreva-se no nosso Canal no YouTube: @schojenews

Continua depois do anúncio: FP

- CONTEÚDO PROMOVIDO -
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844

Veja Mais

Mais Lidas

RECEITAS