Continua após a Publicidade

A Caixa Econômica Federal já começou com repasse oficial do novo Bolsa Família. O programa foi relançado no dia 2 de março junto a muitas novidades. Dessa forma, mais de 21,8 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade serão contempladas com um valor mínimo de R$ 600. A boa notícia é que os cidadãos podem movimentar os recursos via aplicativo Caixa Tem.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além do pagamento principal, os beneficiários poderão aumentar sua renda com os adicionais. Será pago a partir deste mês o Benefício Primeira Infância, no valor de R$ 150, para 8,9 milhões crianças com até 6 anos de idade. Ademais, um valor extra de R$ 50 também será depositado futuramente.

Continua após a Publicidade

Contudo, este último será destinado a crianças e jovens entre 7 e 18 anos, e também para gestantes. Vale ressaltar que o calendário do Bolsa Família considera o dígito final do Número de Identificação Social (NIS) para realizar os pagamentos. A seguir, veja quem recebe o benefício do programa.

Regras para receber o Bolsa Família

Veja o que mudou:

  • Cada família receberá, no mínimo, R$ 600;
  • Serão pagos dois adicionais: um no valor de R$ 150 para criança de até 6 anos (a começar em março), e outro no valor de R$ 50 para criança e jovens entre 7 e 18 anos, e para gestantes (a começar no mês de junho);
  • O valor da renda para entrada no programa aumentou, passando de R$ 210 por pessoa (máximo) para R$ 218;
  • Caso a renda por pessoa ultrapasse R$ 218, o Bolsa Família não será imediatamente cortado. A família pode permanecer no programa por até 24 meses, recebendo 50% do benefício (a começar no mês de junho);
  • As famílias que se desligarem voluntariamente do Bolsa Família, e perderem renda e precisarem voltar ao programa, terão prioridade na seleção.

Além disso, para as famílias beneficiárias continuarem recebendo o benefício:

  • As crianças e adolescentes devem estar matriculadas na escola, com frequência entre 60% a 75%;
  • As crianças devem ter a carteira de vacinação em dia, além de passar pelo acompanhamento nutricional;
  • Gestantes devem realizar o acompanhamento do pré-natal.

Como consultar o Bolsa Família

Pelo aplicativo

A consulta pode ser realizada pelo aplicativo do Bolsa Família. Para isso, basta ter o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF). O Caixa Tem também está disponível para este procedimento. Confira o passo a passo:

Famílias comemoram o valor de até R$ 900 no Caixa Tem; veja quem tem direito

Famílias comemoram o valor de até R$ 900 no Caixa Tem; veja quem tem direito – Foto: Reprodução

  1. Instale o aplicativo do Auxílio Brasil em seu celular;
  2. Na sequência, faça o login inserindo o número do CPF;
  3. Em seguida, crie uma senha de acesso;
  4. Após entrar no aplicativo, na tela inicial, clique no botão de consulta dos valores;

Pelo site
Outra opção é fazer a consulta pelo site oficial da Caixa Econômica Federal. Veja como efetuar o procedimento abaixo:

  1. Abra o site oficial da Caixa;
  2. Em seguida, clique em “Consultar famílias beneficiárias”;
  3. Depois, selecione a opção de “Consulta por família”;
  4. Feito isto, digite o NIS (Número de Identificação Social) e o CPF do responsável familiar;
  5. Então, clique em consultar.

Por telefone

Por fim, veja para onde ligar caso queira fazer a consulta por telefone:

  • Central de Atendimento 111 – Caixa Econômica Federal;
  • Central de Atendimento 121 – Ministério do Desenvolvimento.

Calendário Bolsa Família – Março

Confira as datas de pagamento deste mês:

  • NIS final 1: 20 de março;
  • NIS final 2: 21 de março;
  • NIS final 3: 22 de março;
  • NIS final 4: 23 de março;
  • NIS final 5: 24 de março;
  • NIS final 6: 27 de março;
  • NIS final 7: 28 de março;
  • NIS final 8: 29 de março;
  • NIS final 9: 30 de março;
  • NIS final 0: 31 de março.

 

Gostou do texto? Deixe seu comentário no final da página.

 

Veja o que é sucesso na Internet:

Continua após a Publicidade