Continua após a Publicidade

Na última semana, o Ministro do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias (PT) confirmou em entrevista que cerca de 1,5 milhão de pessoas serão excluídas do programa Bolsa Família neste mês de março. A informação gerou preocupação em milhões de brasileiros que recebem o benefício.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mas afinal de contas, quem são os cidadãos que perderão o Bolsa Família em março? Segundo o Ministério, incialmente a ideia é retirar apenas as pessoas que possuem indícios muito claros e evidentes de fraudes. São cidadãos que recebem vários salários mínimos e ainda assim estavam recebendo o benefício.

Continua após a Publicidade

Dias afirmou em entrevista que o processo de pente-fino encontrou casos de cidadãos que recebem mais de nove salários mínimos. Eles chegaram nesta conclusão após um cruzamento de dados com outros ministérios, e assim identificaram até mesmo vários servidores públicos recebendo o saldo indevidamente.

O processo de pente-fino em si não deve ser concluído neste mês de março. A ideia é seguir analisando os dados dos cidadãos para entender quem realmente precisa da quantia. Casos em que existe apenas uma inconsistência de dados não serão passíveis de exclusão direta. A ideia é que o cidadão tenha tempo para consertar os erros.

Nos próximos dias, o Governo Federal deverá iniciar uma campanha no rádio e na TV explicando as regras de entrada no Bolsa Família. O objetivo é fazer com que as famílias compreendam as normas, e consigam entender se elas podem seguir dentro do Auxílio ou se precisam realizar algum tipo de correção no Cadúnico.

Saída voluntária

Em fevereiro, o Governo Federal iniciou um sistema de saída voluntária do Bolsa Família. A ideia é que os usuários que estão em situação de irregularidade tenham a oportunidade de pedir para sair do projeto, sem nenhum tipo de punição.

Welington Dias disse que mais de 2 mil famílias já pediram para sair do programa. Quem realiza este procedimento, terá a chance de recriar um Cadúnico do zero com informações verdadeiras e atualizadas, e voltar a ter a chance de fazer parte do Bolsa Família.

Para realizar a desistência voluntária, não é necessário sair de casa. Segundo as informações oficiais, é possível proceder com o sistema através do app do Meu Cadúnico. No menu do Minha Conta, basta seguir os passos da exclusão.

Bolsa Família em março

Os mais de 1,5 milhão de usuários que serão excluídos do Bolsa Família não conseguiram receber o benefício em março, mês em que o Governo Federal pretende aplicar uma série de mudanças no sistema do programa social.

Segundo o Ministro Wellington Dias, uma das novidades é o pagamento de um adicional de R$ 150 por filhos menores de seis anos de idade. Além disso, há a ideia de liberar um segundo bônus de até R$ 50 para quem tem filhos de sete a 18 anos.

O Governo também prepara um sistema mais rígido de seleção para o Bolsa Família a partir de março. Segundo o Ministério, cidadãos que residem sozinhos passarão a ter mais dificuldade para fazer parte do programa social em questão.

Veja o que é sucesso na Internet:

Continua após a Publicidade