Continua após a Publicidade

A Secretaria de Saúde inicia nesta quarta-feira (01) a aplicação da vacina bivalente contra Covid-19 em grupos prioritários. Durante a 1ª fase, serão vacinadas pessoas de 60 anos ou mais, pessoas vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILP), além de abrigados, imunocomprometidos, comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas.

Itajaí recebeu cerca de 2800 doses do imunizante que estará disponível nas 31 salas de vacina da cidade, de acordo com o horário de funcionamento de cada uma e disponibilidade de doses.Para receber a vacina bivalente é necessário ter completado o esquema básico de duas doses, ou esquema básico mais os reforços, com intervalo de no mínimo quatro meses da última dose dos imunizantes contra a Covid -19: Pfizer, Astrazeneca, Coronavac ou Janssen.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

No momento da aplicação, os idosos deverão apresentar somente a carteira de vacina e um documento de identificação com foto. Para os imunocomprometidos, também é necessário ter em mãos o atestado médico ou comprovante declaratório da imunodeficiência. As equipes volantes de vacinação da Secretaria de Saúde, irão vacinar, in loco, as pessoas que vivem em Instituições de Longa Permanência do Município de Itajaí.

A diretora da vigilância epidemiológica, Paola Vieira, ressalta que essa é a dose de reforço contra a Covid-19. “O imunizante é chamado de bivalente porque protege contra a cepa original do SARS-COV-2 e também da Omicrôn e suas variantes, no entanto, é preciso apresentar o esquema primário da vacina contra a Covid-19 para receber a bivalente. As pessoas que tomaram somente uma dose da vacina, devem procurar uma unidade de saúde mais próxima para concluir as duas doses e, após quatro meses, será agendada a bivalente”, finaliza Paola Vieira.

O município de Itajaí realizará a aplicação da vacina bivalente contra Covid-19 em quatro fases. A primeira inicia nesta quarta-feira (01), a segunda etapa será a partir do dia 20 de março na qual serão vacinadas as gestantes e puérperas, e a terceira e quarta fase serão para trabalhadores da saúde e pessoas com deficiência permanente.

Confira a definição de indivíduos imunocomprometidos ou em condições de imunossupressão.

Pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea
Pessoas vivendo com HIV (PVHIV)
Pessoas com doenças inflamatórias imunomediadas em atividade e em uso de corticóides em doses ≥ 20mg/dia de prednisona ou equivalente, por ≥ 14 dias
Crianças doses de prednisona ou equivalente > 2mg/Kg/dia por mais de 14 dias até 10kg
Pessoas em uso de imunossupressores e/ou imunobiológicos que levam à imunossupressão
Pessoas com erros inatos da imunidade (imunodeficiências primárias)
Pessoas com doença renal crônica em hemodiálise
Pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses
Pessoas com neoplasias hematológicas

Fonte: Nota Técnica Secretaria de Estado da Saúde | Adaptação do Informe Técnico Operacional de Vacinação contra COVID-19
  

Fonte: Prefeitura de Itajaí

Continua após a Publicidade