Procon de Florianópolis aponta diferença de mais de 100% no preço de itens da ceia de Natal

Continua após a Publicidade
A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Cidadão (Procon), finalizou nesta quinta-feira, 22 de dezembro, a pesquisa de preços dos principais itens que compõem a ceia de Natal. O levantamento apurou os valores de venda de 33 produtos, em cinco estabelecimentos.
 
A maior diferença de preços ficou com o Biscoito Champagne – embalagem de 140g. O menor preço do item, utilizado em diferentes sobremesas natalinas, foi de R$ 4,89 em um dos estabelecimentos, tendo como contrapartida o custo de R$ 10,50 em outro, uma diferença de 114,72%.  O preço médio do produto foi de R$ 7,84. 
 
Na sequência, figuram como produtos com maior diferença de preços a noz sem casca (101,31%), uva passa preta sem sementes (88,70%) e a castanha de caju (79,71%), levando em conta o valor de venda de 1kg de cada produto.
 
Outros tradicionais componentes do jantar natalino, na categoria de congelados, não tiveram variação de preço de um estabelecimento para outro. Os itens estavam sendo comercializados nos seguintes preços: chester assa-fácil (R$ 28,99), peru temperado (R$ 26,99), chester desossado (R$ 31,99) e peru inteiro (R$ 27,99).
 
“A pesquisa é um importante instrumento para orientar o consumidor na hora da compra desses produtos muito buscados nessa época do ano, principalmente na véspera da festividade. Com o levantamento elencamos os melhores preços de cada item, a diferença dos valores e ressaltamos a importância de buscar conhecer esses preços para ter um melhor custo benefício no momento da compra”, destaca o secretário municipal de defesa do cidadão, Miltinho Barcelos. 
 
Os dados na íntegra estão disponíveis no link bit.ly/PesquisaCeia.
Denúncias e reclamações sobre práticas abusivas contra o consumidor podem ser feitas pelo bit.ly/pmfprocon ou no 0800 0000 844.


Continua após a Publicidade

-->

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Fonte: Prefeitura de Florianópolis

Continua após a Publicidade