Balanço de Gestão: computadores, lousas digitais, espaços maker e outras tecnologias se tornaram realidade nas escolas estaduais

Continua após a Publicidade

Aliar educação à tecnologia foi uma das prioridades do Governo do Estado nos últimos quatro anos, com o objetivo de promover novas formas de aprendizado. Na gestão que investiu, pela primeira vez, o mínimo constitucional de 25% na educação, com mais de R$ 7 bilhões apenas em 2021, as escolas foram equipadas com lousas digitais, computadores, tablets, notebooks e Espaços Maker. Essas tecnologias permitiram novas formas de estudo e foram fundamentais para que Santa Catarina alcançasse o primeiro lugar em seis das 10 avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Notebooks para todos os professores da rede estadual

Cerca de 32 mil professores da rede estadual receberam notebooks do Governo do Estado em 2022, com investimento de cerca de R$ 131 milhões. O equipamento foi doado para os efetivos e os professores admitidos em caráter temporário (ACTs) receberam o notebook em regime de comodato. A entrega garantiu melhores condições de trabalho, pesquisa e planejamento de aulas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade
Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Lousas digitais com projetor para o Ensino Médio

O notebook em que o professor planeja as aulas pode ser conectado às lousas digitais com projetor que estão sendo instaladas em todas as salas de aula do Ensino Médio. A entrega começou em junho e já teve o investimento de R$ 34 milhões para aquisição de cerca de dois mil kits que incluem uma lousa digital, um computador, um projetor e um suporte. Assim, as aulas se tornam mais dinâmicas e tecnológicas, ampliando as possibilidades de ensino e aprendizado.

Pioneirismo na implementação de laboratórios maker

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Henrique Pizzolo / SED

O Governo do Estado levou para as escolas públicas equipamentos como cortadoras laser, impressoras 3D, kits de robótica e ferramentas de fabricação manual, instalados em ambientes que estimulam a criatividade e inovação. São os Espaços Maker, laboratórios com mais de 200 peças e equipamentos em que os estudantes podem desenvolver atividades que assumem a forma de projetos, protótipos e experimentos.

O primeiro foi inaugurado em junho de 2022 na EEB Prof. Laércio Caldeira de Andrada, em São José, e dezenas de Espaços Maker foram inaugurados em outras escolas estaduais. Ao todo, foram adquiridos equipamentos para laboratórios em 295 escolas.

Laboratórios de tecnologias receberam tablets e computadores

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O aprendizado dos estudantes com apoio da tecnologia também aumentou depois que os laboratórios de tecnologia foram equipados com computadores e tablets. Para tornar o ensino mais inovador, o Governo do Estado investiu mais de R$ 32 milhões na aquisição e entrega de 36 mil tablets para escolas de todas as regiões de Santa Catarina.

Os laboratórios de tecnologia de todas as escolas catarinenses também foram equipados com lousas digitais e projetores, além da instalação de 16 mil novos computadores, em um investimento de cerca de R$ 68 milhões que beneficiou mais de 130 mil estudantes.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Implementação do Google Classroom durante a pandemia

A pandemia foi outro fator que fez a educação adotar rapidamente novas soluções tecnológicas. Nesse cenário, a rede estadual catarinense foi uma das primeiras a implementar uma plataforma com todas as escolas para as atividades não presenciais pelo Google Classroom. Foram criadas 600 mil contas em duas semanas para professores e estudantes manterem o vínculo escolar.

A plataforma atendeu 59% dos alunos durante as atividades não presenciais, enquanto 24% tiveram acesso aos materiais com atividades impressas e 16% aprenderam de ambas as formas. A SED também promoveu inúmeras formações para os professores sobre a nova plataforma, as quais somaram mais de 1 milhão de visualizações, com 20 mil professores certificados.

Criação do sistema Educação na Palma da Mão

A tecnologia e inovação também estiveram nos processos adotados pela Educação. O sistema de inteligência de dados Educação na Palma da Mão foi desenvolvido em 2019, numa parceria entre a Secretaria de Estado da Educação e o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), e está disponível para acesso de toda a sociedade.

A iniciativa inclui painéis de Business Intelligence (BI) que tornam as informações sobre a educação catarinense mais dinâmicas, detalhadas e transparentes, agrupando uma grande quantidade de dados para consulta personalizada a partir dos filtros. Atualmente, o sistema traz dados sobre matrículas da rede estadual, educação especial, Uniedu, entre outros.

Criação de dois canais de TV aberta com aulas 24 horas por dia

Os estudantes catarinenses contam agora com o Educa SC, dois canais de TV aberta que transmitem aulas o dia inteiro em Santa Catarina. O projeto também traz um portal on-line com informações complementares. Os canais disponibilizam aulas para complemento pedagógico do ensino em sala de aula e garantem conteúdo de reforço por conta das dificuldades de aprendizado causadas pela pandemia.

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade