Unidades de Conservação de Santa Catarina recebem mais de 54 mil visitantes em quase quatro anos

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Santa Catarina possui 10 Unidades de Conservação Estaduais, um verdadeiro tesouro natural que muita gente desconhece. Elas são administradas pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão ambiental do Governo do Estado vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, e estão distribuídas por todas as regiões catarinenses. Nos últimos quatro anos, as UCs receberam mais de 54 mil visitantes.

“Preservar, cuidar, garantir melhoria e recuperação da qualidade desse rico patrimônio é uma das principais responsabilidades do IMA, enquanto instituição executora da política de meio ambiente do estado de Santa Catarina. Recentemente apresentamos essas belezas por meio de um vídeo exibido durante a COP27, no Egito, o que nos deixou muito orgulhosos”, declarou o presidente do Instituto, Daniel Vinicius Netto.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Assita o vídeo neste link.

A visitação é uma atividade permitida somente nos parques, que oferecem atrativos como trilhas guiadas por profissionais habilitados, atividades de educação ambiental e oportunidade de recreação e lazer. Desde julho deste ano, somente é permitido agendar visitas de forma on-line pelo site do IMA

Em Santa Catarina, as Unidades de Conservação Estaduais protegem quase 118 mil hectares de áreas do Bioma Mata Atlântica, um dos mais ameaçados em todo o mundo. Elas abrigam mais de 30 espécies de aves e mamíferos ameaçados de extinção, conservam importantes mananciais de água de centros urbanos e oferecem atrativos ecológicos e turísticos como trilhas, cachoeiras, belas serras, lagoas e praias, além de proporcionar paisagens exuberantes.

Sobre as UCs

A criação das UCs é um dos instrumentos da Política Nacional de Meio Ambiente, instituída pela Lei Federal 6.938/1981. Elas são áreas legalmente protegidas, com características naturais relevantes e objetivos de conservação, conforme estabelece a Lei Federal 9.985/2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. 

Assim como ocorre em todo o mundo, a criação das UCs é a melhor estratégia para proteger áreas naturais, garantindo a preservação da biodiversidade, dos recursos hídricos e de todos os atributos ambientais.

As 10 UCs em território catarinense, criadas por decretos estaduais entre os anos de 1975 e 2007, estão divididas na categoria Parque, Reserva e Áreas de Proteção Ambiental (APAs). A categoria Parque possui sete unidades, é mais flexível quanto ao uso da área e onde o acesso ao público em geral é normatizado.Três são da categoria Reserva, onde o manejo ambiental é bastante restrito e o acesso só é permitido a pesquisadores.  

Confira as Unidades de Conservação Estaduais:

  • Parque Estadual da Serra do Tabuleiro (criado em 1975)
  • Parque Estadual da Serra Furada (criado em 1980)
  • Parque Estadual das Araucárias (criado em 2003)
  • Parque Estadual Fritz Plaumann (criado 2003)
  • Parque Estadual Rio Canoas (criado em 2004)
  • Parque Estadual Acaraí (criado em 2005)
  • Parque Estadual Rio Vermelho (criado em 2007)
  • Reserva Biológica Estadual do Sassafrás (criada em 1977)
  • Reserva Biológica da Canela Preta (criada em 1980)
  • Reserva Biológica Estadual do Aguaí (criada em 1983)

Além dos Parques e das Reservas, o Estado administra ainda três Áreas de Proteção Ambiental (APAs) por meio do IMA. São a Área de Proteção Ambiental da Vargem do Braço, a Área de Proteção Ambiental do Entorno Costeiro e a Área de Proteção Ambiental da Vargem do Cedro. Elas foram criadas em 2009 pela Lei Estadual 14.661 com objetivo de garantir o desenvolvimento sustentável das comunidades abrangidas pela unidade de conservação, proteção dos mananciais hídricos, ordenamento da ocupação e utilização do solo e das águas, proteção e exploração florestal e agrícola sustentável, disciplinamento do uso turístico e recreativo, entre outros.

  • Área de Proteção Ambiental da Vargem do Braço
  • Área de Proteção Ambiental do Entorno Costeiro 
  • Área de Proteção Ambiental da Vargem do Cedro 

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade