Defesa Civil atende 90 ocorrências por conta das chuvas em Florianópolis

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade
A Prefeitura de Florianópolis permanece com os trabalhos de atendimento às famílias afetadas pela chuva dos últimos dois dias na capital. Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social, 15 pessoas estão desabrigadas e foram recebidas no hotel disponibilizado pela prefeitura. Ja os desalojados são 1.600 pessoas que tiveram que ir para casa de parentes ou vizinhos de forma provisória.
Nos próximos dias continuam os trabalhos com caminhões hidrojatos nos bairros: Rio Vermelho, Rio Tavares, Ingleses, Córrego Grande, Campeche, Santinho, Ribeirão da Ilha, Vargem do Bom Jesus, Lagoa da Conceição e Canasvieiras. Esses foram os bairros que mais tiveram pontos de alagamento em vias públicas. 
Os técnicos da Defesa Civil de Florianópolis atenderam 90 ocorrências entre deslizamentos e alagamentos de ontem para hoje. Ao todo foram 40 interdições totais ou parciais de imóveis que apresentaram risco para a segurança das pessoas. Agora em uma segunda etapa será emitido o laudo dando o parecer dos procedimentos que deverão ser adotados assim que a chuva parar. 
Segundo dados da Epagri/Ciram choveu 303 milímetros em Florianópolis nas últimas 48 horas. Agora a tendência é de que a chuva começa a dar uma trégua já a partir da noite dessa terça-feira (20). Para a quarta-feira devemos ter a influência da circulação marítimo e ao longo do dia devemos ter uma melhora no tempo. 
Na tarde desta terça-feira o Prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, esteve reunido com a equipe da Caixa Econômica Federal para dar encaminhamento da documentação necessária para a liberação do FGTS. Nos próximos dias a Secretaria de Assistência Social vai informar como as famílias devem agir para dar entrada nesse processo e ter acesso ao dinheiro.


- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Fonte: Prefeitura de Florianópolis

Continua após a Publicidade