Pe. Pedro segue em defesa das práticas integrativas, agroecologia e meio ambiente

Continua após a Publicidade

Reeleito para o sexto mandato consecutivo nas eleições de outubro deste ano, com 26.803 votos, o deputado Padre Pedro Baldissera (PT) afirma que vai intensificar o trabalho legislativo no próximo mandato com foco na defesa das Práticas Integrativas e Complementares (PICS), recursos terapêuticos que buscam a prevenção de doenças e a recuperação da saúde, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade, na preservação do meio ambiente, principalmente pela qualidade das águas, e a bandeira da produção de alimentos saudáveis, a agroecologia.  “Nós já viemos trabalhando há vários mandatos essas bandeiras, que são fundamentais para nós.”

Padre Pedro explica que as práticas Integrativas e Complementares no SUS já foram institucionalizadas: medicina tradicional chinesa/acupuntura, medicina antroposófica, homeopatia, plantas medicinais e fitoterapia, termalismo social/crenoterapia, arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa, yoga, apiterapia, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, geoterapia, hipnoterapia, imposição de mãos, ozonioterapia e terapia de florais.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Essa é uma grande bandeira de nosso mandato, porque queremos consolidar esse trabalho em Santa Catarina. O estado já está à frente pela forma, maneira de se destacar e trabalhar em práticas integrativas, mas nós queremos intensificar esse trabalho”, reforça. O deputado também destaca a bandeira na defesa do meio ambiente, principalmente na qualidade das águas. “Queremos intensificar essa bandeira, porque percebemos que existem intempéries no nosso estado, onde em uma região, às vezes, um município é afetado com acentuado volume de águas de chuvas e em outras há estiagem. Temos que trabalhar essa questão.”

Ele salienta ainda a importância da bandeira da produção de alimentos saudáveis, a agroecologia. “A produção orgânica, que é outro trabalho básico e fundamental do nosso mandato, nós queremos dar continuidade e intensificar. Essas são as principais bandeiras, que vão nortear o nosso trabalho no Parlamento.”

Em relação ao governo Jorginho Mello (PL), o deputado diz que sempre manteve um relacionamento amistoso com o Executivo. “Sempre fizemos, nestes 20 anos, um trabalho apartidário, nunca tivemos dificuldades com os governos que passaram, porque temos que buscar uma sintonia entre o Legislativo e o Executivo, no sentido de harmonia entre os poderes. Isso nós vamos manter com todo respeito e cuidado, a nossa bancada nunca foi agressiva neste sentido, muito pelo contrário, vamos continuar estabelecendo boas relações como sempre mantivemos no Parlamento.”

Trajetória
Natural de Caxambu do Sul, na época distrito de Chapecó, o deputado Padre Pedro Baldissera é formado em Filosofia, Pedagogia e Teologia, e iniciou seu trabalho de base ainda estudante, no final dos anos 70. Atuou em pastorais e movimentos sociais nas comunidades pobres de São Paulo.

Foi ordenado padre católico em 1985. Entre os anos de 1986 e 1987 atuou como reitor do Seminário Salvatoriano de Videira. De 1988 a 1992 foi pároco de Tangará e, de 1992 a 1993, de Videira. Foi para o município de Guaraciaba em 1993 e desenvolveu atividades na paróquia local até 1996.

Em 1996 foi eleito prefeito do município de Guaraciaba, pelo PT, cargo para o qual foi reeleito no ano 2000. Em 2002 foi eleito deputado estadual com 28.306 votos. Em 2006 retornou com 30.998 votos. Em 2010, nova reeleição com 36.430 votos e em 2014 mais um mandato, com 32 mil votos. Nas eleições de 2018 foi reeleito com 35.184 votos.

Fonte: Agência ALESC

Continua após a Publicidade