Dicas atualizadas sobre os critérios para se aposentar pelo INSS:

Continua após a Publicidade

Quais são as normas atuais do INSS para quem está se aposentando? Se você caiu neste conteúdo, é provável que esteja procurando por quem possa ajudar a agilizar a sua aposentadoria do INSS, certo? O início da pesquisa previdenciária adentra um novo mundo onde é possível entender que requerer esse benefício do INSS.

Continua após a Publicidade

E isso é muito mais do que apenas fazer um pedido. Quando chegar a hora de se aposentar, você deve aproveitar tudo o que a aposentadoria tem a oferecer. E saiba na ponta da língua se todo o tempo trabalhado foi reconhecido ou se o valor que você recebe está correto. Aprenda desde já quais são os critérios.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Período de carência no INSS: por onde começar?

Muitos segurados optam por passar por esse processo sem a ajuda de um advogado especialista. Recomendamos sempre que você procure ajuda de um advogado previdenciário para acompanhar todo esse processo. Para experiência e compreensão do assunto.

Como comprovar ao INSS quanto tempo efetivamente trabalhou?

Seja como for, se sua carreira envolve atividades especiais, como você pode provar isso? Você terá razão perante ao INSS se provar isso com documentação. Outrossim, os assalariados que estiveram expostos a substâncias prejudiciais durante a vida podem ter direito a uma pensão especial.

Se não cumprem o tempo exigido, é possível, em alguns casos, converter o tempo especial em tempo comum. Esteja atento a esta dica pois não existem requisitos específicos para requerer uma pensão especial. Você sabia que existem outros períodos que podem ser calculados e contabilizados no seu período de aposentadoria? Compreender isso pode ajudá-lo a aumentar a duração da sua contribuição.

Período não calculado

Em primeiro lugar, assim como existem períodos que as pessoas acham que não são reconhecidos pelo INSS, também existem períodos que não são calculados. E isso é perigoso porque muitas pessoas têm que trabalhar o tempo mínimo exigido durante esse período. Neste artigo, você saberá quais períodos não são considerados para fins de aposentadoria.

Em segundo lugar, você já deve ter ouvido falar no extrato da Previdência Social, o CNIS, certo? Este documento é importante. Porque contém todo o seu histórico profissional, ou seja, todas as informações sobre onde você trabalhou. contribuição mensal seu horário de trabalho.

E se o INSS disser que as informações que eles têm no CNIS nem sempre estão completas? Você já se perguntou como isso pode afetar sua aposentadoria?

Veja também: É o FIM do empréstimo de atém R$ 2.569,34 do Auxílio Brasil? Saiba mais

Quando contratar um advogado previdenciário?

Antes de mais nada, não é possível considerar apenas cálculos mentais sobre suas horas de trabalho. No entanto, você sabia que pode ter direito a mais de um tipo de pensão? A grande maioria das pessoas prefere reivindicar seus benefícios apenas no INSS. Sim, é possível fazer este procedimento sem um especialista.

No entanto, todavia devemos alertá-lo de que esse método pode causar problemas. Muitos trabalhadores enfrentam discrepâncias em seus registros e perdem dinheiro por não ter orientação adequada sobre os seus direitos e sobre o que fazer para garanti-los.

A saber: um expert poderá identificar essas peculiaridades e auxiliar o trabalhador a resolvê-las da melhor forma, orientando desde o pedido administrativo até, até mesmo, em processo judicial em caso de negativação do INSS. A aposentadoria é um momento crucial na vida de todo trabalhador. Não deixe que uma vida inteira de trabalho duro não receba o reconhecimento que merece só porque você quer apressar alguma coisa.

Continua após a Publicidade