Aprovada lei que institui o Circuito Turístico Rural Caminhos do Campo

Continua após a Publicidade

O Alto Vale vai abrigar o Circuito Turístico Rural Caminhos do Campo. Projeto de lei que institui a rota foi aprovado na última semana pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). A proposta segue para sanção do governo do Estado.

De acordo com o autor do projeto, deputado Milton Hobus (PSD), o objetivo principal é incentivar o setor do turismo e da agricultura familiar na região, estabelecendo políticas públicas para a sustentabilidade do meio rural, mapeando e divulgando pontos turísticos e áreas relacionadas a cada tipo de cultura, proporcionando alternativas para as famílias do campo e fomentando o desenvolvimento e associativismo rural.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Sabemos quanto a agricultura é importante para a nossa região. Temos que mostrar esse potencial, conservar a cultura típica e as tradições do nosso povo e estimular investimentos para agregar valor aos produtos locais. Além disso, precisamos mostrar o valor das famílias do campo para as nossas futuras gerações”, acrescenta Hobus.

A lei estabelece ainda que os principais eventos e atrativos turísticos que constituem o circuito serão incorporados ao calendário oficial de eventos do Estado e também deverá compor as publicações oficiais de SC por meio de sites, mapas, guias e outros itens relacionados ao turismo.

Proposta inspirada em projeto premiado
A proposta foi inspirada no programa Caminhos do Campo, idealizado pela Associação de Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), que teve origem na percepção dos gestores locais quanto à vocação do turismo rural. O projeto piloto, instituído na cidade de Presidente Getúlio em 2018, já tem gerado resultados positivos para as comunidades e reconhecimento nacional, conquistando o Prêmio Nacional de Turismo, em 2019, na categoria ONGs, inscrito pela Cofundadora Fabiana Dickmann.

O programa também participou do projeto Experiências do Brasil Rural, promovido em parceria com o Ministério do Turismo, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Universidade Federal Fluminense.

“Nossas famílias do campo precisam desse reconhecimento e que o Estado olhe mais para elas. Afinal, são os nossos agricultores que colocam os alimentos na nossa mesa”, explica Hobus.

Jacson Almeida
48 999190764
Assessoria de Imprensa – Milton Hobus
Deputado estadual

Fonte: Agência ALESC – Gabinetes

Continua após a Publicidade