Produtor de Água do Rio Camboriú faz últimas vistorias de 2022

Continua após a Publicidade

A equipe do Produtor de Água do Rio Camboriú, fez as últimas vistorias do ano de 2022. Com auxílio de drone, foram visitadas cinco propriedades parceiras do projeto na quinta-feira (15), para verificar se os participantes estão cumprindo os requisitos que contribuem com a conservação da bacia hidrográfica do Rio Camboriú.

Três propriedade vistoriadas foram na localidade Caetés. A primeira, pertence a Leonila da Silva Pinheiro, participante desde 2015, com 27,9 hectares de área de conservação e 0,5ha de área de restauração inseridos. Participante desde 2018, com 28,3 hectares de área de conservação, visitaram a propriedade de Samuel Cardoso. E também estiveram propriedade de Armi Gervásio, tendo inserido no projeto desde 2019, 23,9 hectares como área de conservação e 0,4ha área de restauração.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Na localidade do Louro, foi vistoriada a propriedade de Ana de Oliveira, participante desde 2016, com 63,2 hectares de área de conservação. E a quinta propriedade visitada localizada na Vila da Pedra, pertence a Alexandre Bernart, sendo parceiro do Produtor a partir de 2011, com 43,4 hectares área de conservação.

“As vistorias tiveram saldo positivo e os proprietários estão aptos a receberem o auxílio pago pela Emasa pelos serviços ambientais prestados”, relata a coordenadora do projeto, engenheira Ambiental Rafaela Comparim Santos.

Sobre o Produtor de Água

O Produtor de Água do Rio Camboriú foi criado pela Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) em 2009, inspirada pelo Programa Produtor de Água da Agência Nacional de Águas (ANA) e por experiências internacionais. A iniciativa destina parte dos recursos da arrecadação anual, para a conservação e recuperação da bacia hidrográfica do Rio Camboriú, incentivando proprietários rurais a adotarem práticas conservacionistas em suas propriedades. Atualmente, são 26 propriedades participantes, com a inserção de 1.148 hectares de área conservada e 71ha em processo de restauração.

EMASA
(47) 3261-0000

Diretoria de Comunicação
Jornalista Renata Furlanetto
Foto: Divulgação EMASA

www.instagram.com/prefeituradebc 

FOTOS

Fonte: Prefeitura de Balneário Camboriú

Continua após a Publicidade