Quem usa o usa o Whatsapp vai ter SURPRESA antes do Natal

Nova função do aplicativo vai proteger suas conversas

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O Whatsapp já possui uma função que faz com que as fotos e vídeos trocadas entre seus usuários, se destruam sozinhas após uma visualização. Agora parece que este recurso se estenderá também para as mensagens de texto. Dessa maneira, haverá uma maior privacidade para aqueles que utilizam a ferramenta de conversação.

A troca de mensagens importantes se tornará mais segura, e o conteúdo disponibilizado através da rede social ficará protegido, dificultando o vazamento de dados. Ademais, o usuário terá a certeza de que aquela mensagem será visualizada apenas uma vez entre seus amigos da plataforma.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

De fato, a nova função apresentada pelo Whatsapp terá sua utilização da mesma maneira que em outras mídias, como o Instagram e o Snapchat, por exemplo. Quem receber a mensagem de única visualização e abri-la, não poderá observar seu conteúdo novamente, ela será deletada.

Este tipo de mensagem também não poderá ser copiada, printada ou encaminhada, de modo que haja uma maior segurança relacionada a seus usuários. Não será possível copiar ou capturar a tela contendo as informações, da mesma maneira que o Whatsapp faz com as mídias que se autodestroem.

Outros recursos do Whatsapp

Como a novidade está disponível apenas para usuários do Whatsapp beta 2.22.25.20 para Android, é possível utilizar a função “Apagar para todos”, que deleta as mensagens da ferramenta relacionadas aos destinatários, mesmo em bate-papos com uma pessoa, ou em grupos diversos, relacionados.

Pode-se também temporizar o chat do aplicativo, que deleta todo o conteúdo entre 24 horas e 90 dias. Para acionar os recursos da ferramenta que deletam as imagens e vídeos do usuário, deve-se tocar no ícone do número 1 que fica no lado direito do prompt de envio de arquivos na plataforma.

Espera-se que em relação às mensagens de texto, a nova função do Whatsapp, deve apresentar um ícone de um botão com um cadeado. Conforme a empresa, a função de enviar mensagens com uma única visualização, fará com que a conversa desapareça tanto para o remetente, quanto para o destinatário.

Depois de um grande período onde os usuários do Whatsapp podiam “printar” imagens autodestrutivas, a empresa decidiu implementar um ajuste com o intuito de proteger os usuários do aplicativo. A ferramenta passou a bloquear a cópia de imagens das telas dos celulares relativas a fotos e vídeos de visualização única.

Antigamente todos os usuários poderiam realizar a ação, copiando as mensagens autodestrutivas. Quando era liberado, não se avisava o remetente, a pessoa que enviava as mídias. É proibido o captura de tela ou a gravação das telas, até por usuários utilizando aplicativos de terceiros.

Quem utiliza a visualização única, deve ficar atento ao fato de que não é possível encaminhar nem salvar os arquivos. Já as mensagens temporárias, que podem ser acionadas em uma conversa utilizando a ferramenta, continuam suscetíveis a cópia da tela, de modo diferenciado as mídias autodestrutivas do Whatsapp.

Mudanças essenciais no Whatsapp

O bloqueio de prints do Whatsapp em fotos e vídeos autodestrutivos, pode ser considerado um ajuste essencial para os seus usuários. No entanto, ela não protege o aplicativo de todos os recursos existentes para a captura de tela nos aparelhos celulares. Portanto, deve-se ficar atento com o que se compartilha.

Além disso, as mensagens de visualização única não podem ser enviadas ou abertas no Desktop. É uma maneira de proteger o usuário e garantir a sua privacidade na utilização do aplicativo de conversas. Isso se dá porque a utilização do Whatsapp no celular possui uma maior proteção.

As mensagens autodestrutivas terão um alerta dizendo serem disponíveis apenas para um smartphone. Sobre a segurança, o destinatário pode utilizar um celular extra para tirar uma foto de mensagem instantânea. Desse modo, ainda é possível que as mensagens encaminhadas sejam distribuídas pela internet.

Algumas mensagens instantâneas, autodestrutivas do Whatsapp poderão se apresentar como imagens borradas, impossível de ler. Esse tipo de mídia visa garantir uma maior privacidade aos usuários do aplicativo. Por outro lado, pode acontecer de não poder se proteger quando receber alguma conversa “perigosa”, sem a possibilidade de utilizá-la como prova.

Continua após a Publicidade

Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844