Na Capital da Dança, bailarinos e coreógrafa se dedicam para encantar público que assiste musical Illuminare

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Até sábado (17/12), o público ainda pode prestigiar o musical Illuminare que faz parte da programação de Natal de Joinville e é apresentado no Centreventos Cau Hansen. No palco, luzes, cenários, magia e dança, muita dança. Em 1h30 de apresentação, cerca de 80% do tempo os bailarinos estão em cena.

Tudo é coreografado e a responsável pela dança do Illuminare é a diretora de movimento e coreografias do espetáculo, Mariana Barros. Ela é bailarina, sapateadora, atriz, cantora, coreógrafa, uma artista plural. No currículo, a atuação no elenco e na direção de outros grandes musicais como Cats, A Bela e a Fera, Mágico de Oz, Evita, MPB, Chicago, Crazy for You, Raia 30, West Side Story, entre outros. Além disso, trabalhou com Cláudia Raia, Jarbas Homem de Mello, Carlinhos Brown e Fernanda Chamma, responsável por momentos importantes no Festival de Dança de Joinville, e diretora artística e jurada da Dança dos Famosos.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

É também do palco do Festival de Dança de Joinville que Mariana Barros leva boas memórias e experiências. Ela foi uma das bailarinas do espetáculo de abertura do festival, em 2019. “Eu lembro exatamente quando pisei no palco, eu tremia da cabeça aos pés”, conta a artista.

A diretora do Illuminare explica que o palco de Joinville tem um peso histórico. “Sempre falo que o palco é a coisa mais sagrada, que temos que ter respeito. Mas esse palco de Joinville é ainda mais sagrado, é desafiador, é imenso. É uma grande responsabilidade, é a capital da dança, aqui tem pessoas de renome, que entendem de dança. Sinto a necessidade de acertar ainda mais, de ser perfeito”, complementa.

Criar as 17 coreografias do musical Illuminare exigiu dedicação e muito trabalho durante cerca de 14 horas diárias, em duas semanas. Cada mundo tem uma característica diferente, uma particularidade neste espetáculo. No mundo das Máquinas, os desenhos coreográficos lembram engrenagens. Na Terra das Guloseimas, é mais cênico. No das Geleiras, há movimentações mais redondas. Durante todo o espetáculo, são 20 bailarinos de Joinville em cena, da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, Espaço A.Z Arte, MOA e Kulture Kaos.

“Eu sabia que encontraria pessoas tecnicamente incríveis e queria que eles contassem uma história. Trazia o contexto e pedia que eles cantassem também. Os bailarinos se empenharam muito, acreditaram no trabalho, são muito disponíveis, estou muito feliz, estou maravilhada”, diz Mariana.

Como um complemento do trabalho realizado em Joinville, a diretora ministrou um workshop de dança no teatro musical para os bailarinos.

Illuminare – O Musical de Natal

O musical foi criado especialmente para o Natal de Joinville e conta a trajetória da menina Francisca que, ao lado dos atrapalhados duendes Chineque e Chimia, viaja através de diferentes mundos e terras distantes, desde as Terras Encantadas das Geleiras, às Terras das Máquinas, das Guloseimas e das Flores, tudo para salvar o Papai Noel e conseguir recuperar as luzes do Natal que foram escondidas pela misteriosa Escuridão.

A megaprodução traz ao palco uma equipe criativa formada por grandes nomes do teatro musical brasileiro. A trama emociona ao embalar a história com efeitos especiais de tirar o fôlego e leva a mensagem de que o Natal deve ser celebrado por toda a família. A classificação é livre.

Os ingressos podem ser adquiridos com valores a partir de R$ 10, no site nataldejoinville.com.br ou então nos pontos de venda presenciais: na bilheteria do Centreventos; na loja do Instituto Natal de Joinville, na praça Dario Salles; na Giostri Livraria & Café; e na loja Tip Top, no Garten Shopping.

Fonte: Prefeitura de Joinville

Continua após a Publicidade