Joinville está autorizada a receber sinal de 5G

Continua após a Publicidade

O Grupo de Acompanhamento de Interferências da faixa de 3,5 GHz (Gaispi), coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel), liberou o serviço de 5G para Joinville a partir da próxima quinta-feira (15/12). A cidade está entre as 15 do País que terão acesso antes do prazo. Agora, a oferta dos serviços depende apenas das operadoras.

Joinville está apta a receber a tecnologia desde abril, quando o prefeito Adriano Silva sancionou a Lei Complementar 600, que regulamenta a implantação da tecnologia 5G em Joinville e dispõe sobre o procedimento para a instalação de infraestrutura de suporte para Estação Transmissora de Radiocomunicação autorizada pela Anatel.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O reconhecimento de que Joinville era uma das primeiras cidades do Brasil a ter o ambiente pronto para a instalação da tecnologia ocorreu em novembro. O município ficou entre os dez mais bem colocados no Brasil do ranking “Cidades Amigas do 5G”, realizado pela Conexis Brasil Digital, entidade que representa empresas de telecomunicações e de conectividade, e foi divulgado pelo Governo Federal.

Para chegar ao ranking, os pesquisadores levaram em conta critérios como autorização para instalação em até 60 dias, prazo de validade da licença não inferior a dez anos, solicitações que podem ser feitas em um único órgão na Prefeitura, processos e documentação claramente definidos, além de valores das taxas de licenciamento razoáveis.

A partir da implantação do 5G vai ser possível implantar a Internet das coisas e o modelo de Indústria 4.0 em Joinville. O 5G não apenas aumenta a velocidade da Internet, mas também diminui a sua latência. Na prática, é um menor tempo de resposta e transferência de dados.

Vale lembrar que a obrigação editalícia das empresas operadoras é de ligar o 5G nas cidades acima de 500 mil habitantes em 31 de julho de 2025.

Fonte: Prefeitura de Joinville

Continua após a Publicidade