Com deficiência auditiva, Kauan, se destaca na inauguração do Bairro Educador na Costeira do Pirajubaé

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O termômetro da tarde desta segunda-feira, 12, marcava 37 graus. O calor escaldante no interior do ginásio Anísio Teixeira, não foi capaz de tirar o entusiasmo do pequeno Kauan Silva Titon, 10 anos. Explica-se: o dia era especial para ele, pois iria se apresentar com uma turma de jiu-jitsu pela primeira vez para um público do seu bairro na inauguração, na Costeira do Pirajubaé, da sede do Programa Bairro Educador na Capital.
 
Kauan é deficiente auditivo (DA) como consequência de seu nascimento prematuro, de 7 meses, que lhe ocasionou uma hemorragia de 4º grau, e que por conta disso, perdeu a voz seis anos depois.
 
Vi melhora na vida de meu filho”
 
O prefeito Topazio Neto inaugurou oficialmente o Programa Bairro Educador na Costeira e em seguida foi até o tatame ver a performance de Kauan. E o garoto fez bonito. Com auxilio de seus professores da oficina de jiu-jitsu, do Programa Bairro Educador, Pedro Santos, 43 anos, e Geovani de Pinho, 44 anos, que é paratleta, o menino mostrou todas as técnicas aprendidas em pouco mais de um mês e meio de oficina, para os aplausos gerais do público, entre eles, o padastro Juliano de Oliveira, 43 anos.
 
“Quero agradecer a todos os organizadores do Programa Bairro Educador que está sendo agora inaugurado aqui na Costeira. Meu filho participa a pouco mais de um mês da oficina de jiu-jitusu e já vejo uma melhora substancial na vida dele. A parte de coordenação motora dele melhorou muito e a autoestima também”, comemora Júlio de Oliveira.
 
“Um Programa fantástico”
 
Além de Kauan e seus colegas de jiu-jitsu, se apresentaram na inauguração, os estudantes da oficina de skate ministrada pelos professores Rossano Alves, 47 anos, e Daniel Bob, 32. 
 
O prefeito Topazio Neto destacou a importância do Bairro Educador: “É um Programa fantástico, pois oferece um contraturno escolar para as crianças de forma importante com oficinas esportivas e educacionais com metodologias de qualidade. Os pais têm convicção que as crianças estão em boas mãos, porque além das oficinas de esporte e cultura tem todo o contraturno pedagógico que ajuda as crianças no desempenho da escolar”.
 
Durante a entrega oficial à comunidade, o Secretário Municipal de Educação, Mauricio Pereira, lembrou que a inauguração da sede do Programa Bairro Educador na Costeira do Pirajubaé é a 12ª a ser entrega para a comunidade de Florianópolis. “É um momento de muita alegria e realização porque mais uma vez estamos entregando equipamento público à comunidade que vai ter aqui muitas atividades de cultura, lazer, e em especial, educação. Hoje foi um dia de festa”, destacou o secretário.
 
Bruno Becker, Superintendente do Programa Bairro Educador, enfatizou que a Secretaria de Educação da Prefeitura de Florianópolis encerra com chave de ouro o ano de 2022 com a entrega de uma sede do Programa aos moradores da Costeira: “Esse bairro é uma comunidade que tem uma demanda muito grande (de ações sociais) e nós, do Poder Público, observamos essa necessidade. O prefeito Topázio já tinha o desejo  de trazer o Bairro Educador à comunidade e hoje, com muita felicidade, entregamos a 12ª sede do Programa, já atendendo cerca de 155 estudantes aqui na Costeira”.
 
Seis oficinas
 
Também esteve presente Gustavo Simas, coordenador Geral da Escola Cidadã, entidade executora do Programa para a Prefeitura de Florianópolis.
A sede do Programa Bairro Educador da Costeira do Pirajubaé dispõe das oficinas de skate, jiu-jitsu, futsal, voleibol, oficina Pedagógica e basquetebol. Há vagas disponíveis no skate e voleibol. A sede está situada na Rua João Câncio Jaques, 1461, próxima ao Ginásio de Esportes Anísio Teixeira. Telefone de informações sobre vagas nas oficinas: 48 9 9200-9258.

galeria de imagens

- PUBLICIDADE -


Fonte: Prefeitura de Florianópolis

Continua após a Publicidade