CNH SOCIAL: programa garante Carteira de Motoristas GRÁTIS

O Governo também tem um programa social voltado para grupos socialmente desfavorecidos. A opção arca com todos os custos envolvidos na obtenção da CNH.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Você conhece a CNH Social? O programa está fazendo sucesso em todo o país. Isso porque ele permite que diversos brasileiros se beneficiem. A ideia é oferecer o processo da obtenção da CNH de maneira completamente gratuita.

A novidade pretende facilitar o acesso ao documento. Vale lembrar que atualmente, para conseguir sua Carteira de Motorista não é barato. De acordo com pesquisas, há processos que chegam a R$ 3 mil.

Conheça a CNH Social

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é essencial no momento de conduzir um veículo. Esse documento é o responsável por atentar se uma pessoa está apta ou não para dirigir. Logo, só se pode realizar esse ato tendo esse certificado de aptidão.
Contudo, sabendo que esse processo está cada dia mais caro. Isso se dá porque as autoescolas possuem liberdade para cobrar o processo de formação. Vale lembrar que ele é composto por aulas teóricas e práticas.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Assim, o Governo resolveu criar um programa social voltado ao público em vulnerabilidade social. A CNH Social pretende oferecer a formação para condução 100% gratuita.

Dessa forma, os participantes poderão ter um acesso maior ao processo. Além, é claro, de aumentarem a possibilidade de conseguir empregos que envolvem dirigir. Veja a seguir quem pode participar dessa iniciativa.

Regras do programa

Entretanto, existem algumas comuns para todo o país. Sendo assim, vale conhecer quais são elas.

  • Ser maior de 18 anos;
  • Comprovar renda de até dois salários mínimos;
  • Estar sem emprego a mais de um ano;
  • Se estudante, deve estar matriculado e ser exemplar na rede pública de ensino;
  • Ser agricultor;
  • Receber Auxílio Brasil;
  • Não ter infrações de trânsito;
  • É permitido ser transportador regularizado;
  • Serão aceitos ex-presidiários.

É importante lembrar que o processo de inscrição ocorre sempre em momentos específicos. Porém, cada região oferece ele em uma data diferente. Logo, para participar e conseguir saber mais sobre essas datas a pessoa deve estar atenta.

Isso porque as instituições de trânsito do Estado em que mora deverão avisar quando o processo inicia com antecedência. Assim, vale segui-las nas redes sociais para ficar sempre informado.

Regiões que participam

Como comentado, várias regiões do país participam do programa. Vale lembrar que mesmo sendo uma iniciativa do país, os estados não são obrigados a aderir a esse processo. Por esse motivo, é muito importante entender que a CNH Social funciona de forma independente em cada estado.
Sendo assim, vale conhecer cada um deles que já oferecem a oportunidade para a população. Veja as opções:

  • Tocantins;
  • São Paulo;
  • Santa Catarina;
  • Roraima;
  • Rio Grande do Norte;
  • Piauí;
  • Pernambuco;
  • Paraná;
  • Pará;
  • Minas Gerais;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Mato Grosso do Norte;
  • Mato Grosso do Norte;
  • Goiás;
  • Espírito Santo;
  • Distrito Federal;
  • Ceará;
  • Amazonas;
  • Acre.
Continua após a Publicidade

Da redação do Portal SC Hoje News. DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99208.8844