IMA lança o primeiro Relatório Anual de Balneabilidade em 45 anos

Continua após a Publicidade

O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) publicou nesta quinta-feira, 8, o primeiro Relatório Anual de Balneabilidade das praias catarinenses em 45 anos. Com 122 páginas, esta primeira edição do documento digital contempla o período de novembro de 2021 a março de 2022. 

O anuário foi idealizado pela Diretoria de Engenharia e Qualidade Ambiental do IMA com o intuito de informar a população e as autoridades governamentais a respeito da qualidade das águas do nosso litoral.  

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Trata-se de um importante instrumento de consulta e mais um serviço de excelência que o Instituto disponibiliza para a população catarinense. Somos o segundo estado do país com o melhor monitoramento de balneabilidade, o que traduz o esforço, a competência e a confiabilidade no trabalho de toda a equipe técnica do IMA”, complementou o presidente, Daniel Vinicius Netto.

As informações apresentadas no relatório têm como objetivo auxiliar os gestores municipais na área de saneamento básico, na tomada de decisões sustentáveis e em relação à necessidade de se investir em ações voltadas ao esgotamento sanitário, sejam elas estruturais, preventivas seja corretivas, reforça o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental, Fábio Castagna da Silva. 

“A balneabilidade está diretamente relacionada com as condições sanitárias dos municípios,  que chegam a ter sua população dobrada durante os meses de alta temporada de verão, sobrecarregando muitas vezes os sistemas de coleta e tratamento de esgoto, o que impacta diretamente nas condições da água para os banhistas”, complementa.

Os resultados do ranking foram organizados em 27 situações, sendo a primeira posição ocupada pelas localidades que registraram condição de propriedade em 100% do tempo e a 27ª  posição por aquelas localidades que não apresentaram condições de propriedade, ou seja, que permaneceram impróprias em 100% do tempo. 

O Relatório Anual de Balneabilidade 2021-2022 está disponível no site do IMA.

Sobre o programa

O Programa Estadual de Monitoramento da Balneabilidade das Praias começou em 1976, quando a então Fundação de Amparo à Tecnologia e ao Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) realizou a coleta e a análise de amostras de água de 65 localidades dos municípios de Florianópolis e Balneário Camboriú. Com o passar dos anos, o programa foi se expandindo e, 45 anos após a primeira campanha, são monitorados pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA),  237 pontos ao longo de toda a costa catarinense.

O monitoramento segue a recomendação da Resolução Conama 274/2000, que define padrões de qualidade da água destinada à balneabilidade. Os resultados são disponibilizados imediatamente na página eletrônica do IMA, atualizada semanalmente durante a temporada de verão e mensalmente na baixa temporada, em placas informativas e no aplicativo Praia Segura do Corpo de Bombeiros.

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade