Pesquisa de preços garante economia na compra da cesta básica em Itajaí

Continua após a Publicidade

A pesquisa realizada pela Procuradoria de Defesa do Consumidor (Procon) de Itajaí apontou grande variação de valores nos itens da cesta básica em Itajaí no mês de dezembro. A diferença entre os produtos mais baratos e mais caros foi de R$ 166,88. Já a soma dos itens de menor valor ficou em R$ 256,27 e a dos de maior valor em R$ 423,11. Os dados demonstram a importância da pesquisa de preços para garantir maior economia nas compras.

O levantamento do Procon ainda mostrou quais produtos tiveram o maior aumento de preço em relação a novembro. Os destaques foram o sabão em pó, com um acréscimo de 76,96% nos valores, e o tomate, que aumentou 60,12%. O sabonete, o quilo da cebola e o detergente também subiram de preço em dezembro.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

No entanto, alguns produtos tiveram redução do valor neste mês. A pasta de dente registrou diminuição de 37,30%, por exemplo. O álcool líquido, a carne suína, a manteiga e a dúzia de ovos também apresentaram redução nos preços.

A pesquisa constatou ainda um aumento de 0,73% na soma dos itens de menor valor e de 1,03% nos itens de maior valor na comparação com novembro deste ano. O levantamento do Procon, que está disponível no final da página, analisou o preço de 36 produtos em oito estabelecimentos da cidade, nos dias 05 e 06 de dezembro.

Recomendações do Procon

A Procuradoria de Defesa do Consumidor de Itajaí ressalta a importância de ficar atento à validade dos produtos no momento das compras. Outro cuidado deve ser observado com os preços promocionais, para não correr o risco de comprar alimentos em grande quantidade e não conseguir consumi-los a tempo. O Procon incentiva ainda a pesquisa de preço entre os estabelecimentos devido à grande variação nos valores encontrados. 

Fonte: Prefeitura de Itajaí

Continua após a Publicidade