Celesc lança portal para compra de energia no Mercado Livre e em Usinas de Geração Distribuída

Continua após a Publicidade

Atuando há 67 anos no setor elétrico de Santa Catarina e acompanhando as mudanças do setor, a Celesc lança agora um portal para que o consumidor possa negociar a compra de energia no Mercado Livre e de Usinas de Geração Distribuída, o https://solucoesemenergia.celesc.com.br. A iniciativa representa um passo importante em direção às melhores práticas de mercado que contemplam outros modelos de negócio e favorecem os consumidores finais.

“A ideia é que os interessados tenham fácil acesso a todas as informações e conheçam os benefícios de ter a Celesc como parceira também gerando energia, economia e muitas oportunidades aos catarinenses”, explica o diretor de Regulação e Gestão de Energia, Fabio Valentim da Silva.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Responsável pelo atendimento de 3,4 milhões de unidades consumidoras, a Celesc oferece soluções que vão desde a minigeração de energia distribuída, com usinas solares, até a venda de energia no Mercado Livre. Entre as vantagens destas modalidades para as empresas interessadas, está a redução de custos, a previsibilidade financeira e a multiplicação de resultados.

Segundo o gerente do Departamento de Comercialização e Gestão de Energia, Gustavo Cavalcante, o objetivo da Celesc é a ampliação de sua atuação nestes modelos de negócio. “A Celesc Geração já atuava no Mercado Livre com a venda de energia das suas usinas, porém, visando oportunizar mais benefícios aos clientes que migram do ambiente de contratação regulado para o livre, mantendo-se clientes da Celesc, é necessário não só utilizar a garantia física das usinas próprias, mas também ampliar seu portfólio com energia de outras plantas de geração ou proveniente de outras comercializadoras de energia”, explica.

Nesta forma de comercialização de energia, a empresa oportuniza que cada cliente possa contatar a Celesc para obter uma análise do seu perfil de carga, feita por uma equipe de especialistas que vão elaborar uma estratégia de contratação capaz de gerar maior benefício à gestão de sua energia elétrica.
Atualmente, para aderir ao Mercado Livre, é preciso ter uma demanda mínima de 500 kW, entretanto a tendência é de que os requisitos sejam ainda menores nos próximos anos. Já a Geração Distribuída pode ser uma opção aos clientes de baixa tensão (residências, lojas e pequenos negócios) que possuam alto consumo mensal de energia.

Estas são novas oportunidades que a Celesc vem oferecer aos consumidores de energia elétrica catarinenses, primando sempre por prestar bons serviços e oportunidades de redução de custos a seus clientes.

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade