Em Laguna, governador assina autorização para edital da Ponte do Pontal

Continua após a Publicidade

Um importante passo para a construção da sonhada Ponte do Pontal, em Laguna, foi dado na tarde desta terça-feira, 6. O governador Carlos Moisés autorizou o lançamento do edital de licitação para construir a estrutura, que terá 764 metros de comprimento e 65 metros de altura em seu ponto máximo. Serão quatro faixas de rolamento, duas em cada sentido, com ciclovia e passarela de pedestres. A obra também incluirá interseções com as vias de acesso já existentes, além de um prolongamento da SC-100. O custo previsto é de R$ 346 milhões.

A partir da assinatura do edital, a previsão para escolha da empresa que fará a construção é de cerca de 3 meses, caso não haja intercorrências jurídicas. Dessa maneira, a definição da vencedora do processo licitatório deve ocorrer entre o fim de fevereiro e o começo de março de 2023.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

O governador salientou que esta é mais uma etapa, pois já foram feitos o projeto para a obra, que custou pouco mais de R$ 2 milhões, e a audiência pública para discutir com a comunidade.

“Muitas vezes as coisas não andaram na velocidade que a gente gostaria. Mas estou muito feliz de estar aqui para assinar este edital de licitação. Esta é uma obra de Estado, e não de um Governo. São muitas décadas que a comunidade sonha com esta ponte, que sairá do papel muito em breve”, destacou o governador.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

O prefeito de Laguna, Samir Ahmad, conta que a ponte será fundamental para comunidades como a Ponta da Barra e o Farol de Santa Marta. Segundo ele, já são cerca de 10 mil habitantes na região mais ao sul do município – população que se multiplica em mais de três vezes na temporada de verão. Hoje, a travessia entre a região central da cidade e a Ponta da Barra ocorre por meio de um serviço de balsa, que já não comporta o fluxo de veículos.

“Este projeto faz parte de um sonho, que estamos realizando etapa por etapa. Essa obra vai proporcionar não apenas a melhoria dos serviços públicos e do deslocamento da nossa população, mas também vai ajudar no desenvolvimento econômico da nossa cidade, que já tem mais de 50 mil habitantes. Nós vamos dar um salto, por isso o momento é de agradecer”, disse Ahmad.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, destaca que foram muitos percalços durante a realização do projeto executivo, o que atrasou o cronograma. Agora, ele afirma que a obra está pronta para ser realizada com toda a segurança após a escolha da empresa.

“O governador Carlos Moisés foi um entusiasta desta obra desde o início, por saber da sua importância para Laguna e o Sul do estado. Ela fará um novo corredor junto à rodovia Interpraias, na qual também estamos investindo. É um dia muito feliz para nós, do Governo, e também para a comunidade”, diz Vieira.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Moradores celebram

A profissional autônoma Rafaela Pereira de Araújo, 27 anos, mora na Ponta da Barra e utiliza a balsa pelo menos uma vez por semana. Nesta terça-feira, 6, ela aguardou por mais de meia hora até poder embarcar.

“Essa obra é essencial para o desenvolvimento de Laguna. Muitas vezes, nós preferimos ir para outras regiões, como Tubarão e Jaguaruna, para evitar o transtorno que é essa balsa. Demora muito, e o serviço não tem a qualidade que a gente espera”, conta ela.

Já o pescador Rafael Nuernberg, de 42 anos, diz que passa apenas eventualmente pela região, justamente por causa da balsa. Ele mora em Jaguaruna e prefere outros caminhos.

“Principalmente no verão, você fica mais de uma hora esperando a balsa. Quando a ponte estiver pronta, você vai fazer isso em menos de 5 minutos. Não vai desenvolver apenas Laguna, mas Jaguaruna também”, diz o pescador.

O ato em Laguna foi acompanhado pelo deputado estadual eleito Pepê Colaço e por autoridades locais.

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade