Prefeitura de Chapecó fará monitoramento de frota e adquire 200 câmeras para segurança pública

Continua após a Publicidade

A Administração Municipal de Chapecó anunciou nesta segunda-feira mais investimentos em modernização da estrutura e segurança pública. A Prefeitura está adquirindo 200 novas câmeras de videomonitoramento e também um sistema de monitoramento de frota. As ações foram apresentadas na manhã desta segunda-feira, na sala de reuniões da Prefeitura, com a presença do vice-prefeito, Itamar Agnoletto, dos secretários municípios, diretores e de representantes do Grupo Khronos, que é a empresa responsável pelo suporte dos dois sistemas.

O sistema de videomonitoramento foi adquirido através do Consórcio de Inovação na Gestão Pública (CIGA).

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“O Estado licitou e a Prefitura está fazendo a aquisição das câmeras, que já começaram a ser instaladas e tem prazo de conclusão até março do ano que vem. Estamos mapeando os pontos estratégicos que serão complementares ao que já existe de outros órgãos de segurança ou mesmo de espaços públicos. Isso vai ajudar na prevenção pois quando ocorre algum crime as câmeras podem identificar suspeitos”, disse o secretário de Segurança Pública, Clovis Ari Leuze.
Serão instaladas 200 câmeras no município, que serão utilizadas para monitorar o trânsito em tempo real e permitirão a órgãos ligados à segurança pública, como guardas municipais e Polícia Militar (PM), investigar atividades suspeitas, danos ao patrimônio e controlar o ambiente urbano.
O presidente do CIGA, Ércio Kriek, pontua que o projeto nasceu da necessidade de melhorar a segurança e o planejamento dos municípios catarinenses, a partir de um sistema de monitoramento inteligente. “Diversos estudos comprovam que medidas de prevenção proporcionam mais segurança e bem-estar da população, em especial quando integrados aos órgãos de segurança pública”, diz.
Sionésio Corrêa de Souza, presidente do Grupo Khronos, empresa que venceu o edital de licitação e é a responsável pela implantação, explica que “poderão ser instaladas até quatro câmeras por poste, monitorando imagens em 360 graus a 5 metros de altura, 24 horas por dia”.
O Programa Cidade Segura foi lançado em abril e pretende disponibilizar 8.850 câmeras de videomonitoramento para as cidades catarinenses. Resultado de uma parceria público-privada, permitiu a redução de 75% no valor dos equipamentos. O prazo para assinatura dos contratos vai até 23 de janeiro de 2023.
O valor que Chapecó vai pagar é R$ 240 mil por ano. O processo de contratação é feito de forma facilitada. O primeiro passo é o município interessado preencher o formulário de adesão no site do CIGA: https://docs.ciga.sc.gov.br/interview?i=docassemble.playground4Padroes%3ASolicitacao_ata_cameras.yml

Já o sistema de monitoramento de frota vai permitir identificar onde está o veículo, qual o trajeto que fez, qual a velocidade, quanto tempo ficou parado, entre outras informações.

“O objetivo é otimizar o uso dos veículos, pois às vezes tem veículo que é subutilizado, às vezes saem três veículos numa manhã para a Efapi, quando poderia ir somente um. Também pretendemos reduzir o número de centrais. Até o final do ano vamos cadastras os cera de 500 veículos e, em janeiro, vamos cadastrar os motoristas, que terão um cartão individualizado, eliminando os diários de bordo preenchidos manualmente”, disse o diretor geral de Gestão Administrativa, Marcos Alberto Giovanoni.

De acordo com o responsável pelo sistema de monitoramento da Khronos em Chapecó, Célio Cunha, a implantação do monitoramento de frota tem um impacto de 10% na redução do uso de combustível. O custo do sistema é de R$ 39,90 por veículo/mês.

O prefeito João Rodrigues destacou que a Administração fez recentemente uma renovação da frota e agora quer aprimorar o uso destes novos veículos.

“Nós estamos investindo em modernização e novas tecnologias sempre com o objetivo de reduzir custos de combustível e manutenção, além de prestar um melhor serviço para a população, que é a finalidade do serviço público”, finalizou o prefeito.

Fonte: Prefeitura de Chapecó SC

Continua após a Publicidade