Blumenau é uma das primeiras cidades brasileiras a aderir à Aliança Global de Cidades Inteligentes

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Blumenau é uma das primeiras cidades do Brasil a aderir ao G20 Global Smart Cities Alliance, criada em 2019 pelo G20 e pelo Fórum Econômico Mundial. Além do município, até agora somente Brasília se tornou signatária da iniciativa promovida pelas maiores economias mundiais, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento sustentável por meio do avanço tecnológico. 

Ambas as cidades brasileiras agora estão mapeadas no site do projeto, e participam de reuniões mensais para o compartilhamento de informações e experiências no âmbito das cidades inteligentes. “Mais uma vez somos pioneiros. Buscamos ser uma cidade inteligente com foco no cidadão, simplificando e agilizando os serviços, incluindo a melhoria integrada da mobilidade urbana, a conectividade e o desenvolvimento econômico. Em toda a América Latina, há 108 cidades associadas a essa iniciativa do G20. É uma satisfação muito grande ver que Blumenau já está entre elas”, observa o prefeito Mário Hildebrandt. 

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Representada pela Secretaria de Gestão Governamental (Segg), a Prefeitura de Blumenau já participou de três encontros. “Estamos elaborando uma carta de intenções que deverá ser apresentada ao Fórum, assumindo o compromisso de desenvolver e compartilhar práticas ligadas ao conceito de cidades inteligentes. Conforme avançarmos nesse processo, poderemos ter acesso a consultorias com as instituições parceiras, no sentido de aprimorar a nossa política de cidade inteligente e as ações executadas. Mas a própria troca de conhecimento que já estamos vivenciando nos traz um leque amplo de ações que poderemos implementar em Blumenau”, explica o secretário de Gestão Governamental, Paulo Costa.

O que são Smart Cities

O conceito de Smart Cities se aplica às cidades que utilizam a tecnologia como ferramenta para promover melhor qualidade de vida para a população, facilitando o acesso a serviços públicos, e promovendo o crescimento econômico e a sustentabilidade. São chamadas inteligentes por utilizar a infraestrutura e os serviços de informação e comunicação de forma estratégica, com planejamento e gestão voltados ao atendimento das sociais e econômicas da população. 

Uma cidade é considerada inteligente com base na avaliação de pilares como governança, administração pública, planejamento urbano, tecnologia, capital humano, coesão social, meio ambiente e economia. Apesar de ser relativamente recente, o conceito de Smart Cities já está bastante difundido e consolida-se no mundo como pilar para o desenvolvimento sustentável.

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith

postada em 05/12/2022 11:30 – 11 visualizações

Fotos

Fonte: Prefeitura de Blumenau SC

Continua após a Publicidade