Joinville registra acumulado de chuva superior a 550 milímetros em menos de uma semana

Continua após a Publicidade

Defesa Civil de Joinville informa que nesta sexta-feira (2/12) e nos próximos dias há chance de ocorrerem temporais isolados. Com o acumulado de água no solo, devido às fortes chuvas desta semana, a Defesa Civil alerta para o risco de deslizamentos.

Desde sábado (26/11), Joinville teve um acumulado de chuva de 556 milímetros, sendo que o esperado para o período era de aproximadamente 150 milímetros. Ainda há pontos de alagamentos no bairro Nova Brasília, na área do Jativoca. É possível apenas passar com carros altos.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Desde o começo das fortes chuvas, no sábado (26/11), a Defesa Civil de Joinville registrou 146 ocorrências. Foram casos de alagamentos, deslizamentos, quedas de árvores e destelhamentos.

Em caso de emergência, a orientação é entrar em contato com a Defesa Civil, pelo telefone 199, ou com os Bombeiros Voluntários, pelo 193.

Desde o início do período chuvoso, a Secretaria de Assistência Social de Joinville tem prestado atendimento para as famílias que foram atingidas pelo temporal. Até a noite de quinta-feira (1º/12), foram atendidas 142 famílias, totalizando 503 pessoas entre usuários que precisaram de abrigos e aqueles que não precisaram de acolhimento.

A Prefeitura de Joinville montou três abrigos emergenciais para acolher as famílias que tiveram a casa atingida pela chuva. Dois deles foram usados.

Na Escola Municipal Dr. Ruben Roberto Schmidlin, permanecem 3 famílias (10 pessoas). Durante o dia, a Defesa Civil vai continuar monitorando a situação do Jativoca e assim que possível, estas famílias também poderão retornar para as suas casas em segurança. O abrigo que estava montado na Escola Agrícola Municipal Carlos Heins Funke foi fechado na quinta-feira.

Ao todo, foram acolhidas em abrigos emergenciais 203 pessoas, totalizando 56 famílias.

Coleta de resíduos

A coleta de resíduos continua prejudicada em alguns pontos da cidade. O serviço não está sendo realizado na região do Quiriri, no trecho da Estrada Dona Francisca, entre a Estrada da Tromba e a Serra. O Jativoca, em função de alguns pontos de alagamento, é outra localidade que tem a coleta comprometida.

Aulas na Rede Municipal de Ensino

Nas escolas e CEIs da Rede Municipal de Joinville, o atendimento presencial retornou em todas as unidades, exceto na Escola Municipal Vereador Hubert Hubener e no CEI Bianca Carolina Pinheiro. A Escola Vereador Hubert Hubener está localizada na Estrada Alto Quiriri, em Pirabeiraba, e o principal acesso à unidade é pela Ponte Baixa do Quiriri. Devido às avarias sofridas na ponte de acesso, o transporte escolar para a região foi suspenso.

Por isso, os 105 alunos atendidos na unidade concluirão o ano letivo com roteiros de aprendizagem que serão entregues para desenvolvimento em casa. A equipe gestora está organizando a retirada dos materiais impressos para que os pais ou responsáveis possam buscar e devolver em pontos estratégicos e seguros da região. A Secretaria de Educação acompanha e assessora este processo.

O CEI Bianca Carolina Pinheiro, no bairro Vila Nova, teve o atendimento suspenso na última quarta-feira, como medida preventiva já que há uma área de elevação localizada nos fundos da unidade, pertencente a uma propriedade particular. A unidade passará por nova avaliação nesta sexta-feira (02/12) para definição da retomada das atividades.

Na Escola Dr. Ruben Roberto Schmidlin (Morro do Meio), as aulas foram retomadas na última quinta-feira (1º/12).

Fonte: Prefeitura de Joinville

Continua após a Publicidade