Equipes do Estado completam dois dias de trabalho intenso em auxílio aos atingidos pelas chuvas

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

A sexta-feira, 2, foi mais um dia de trabalho intenso das equipes do Estado em auxílio aos atingidos pelas fortes chuvas que caíram em Santa Catarina ao longo da semana. Seguem os reparos nas redes elétrica e de abastecimento de água, bem como o trabalho de remoção de barreiras nas rodovias estaduais e a distribuição de milhares de itens de assistência humanitária.

Depois de sobrevoar áreas atingidas e os municípios mais afetados pelas chuvas, o governador Carlos Moisés garantiu que as equipes do Governo do Estado seguirão empenhadas prestando todo o auxílio humanitário e apoio na etapa de reconstrução.

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Nossas equipes seguem totalmente empenhadas nas ações de resposta. As prioridades são proteger e garantir assistência humanitária a todos que precisam. Não vamos descansar até que todos os objetivos estejam cumpridos”, frisou Carlos Moisés.

Na tarde desta sexta-feira, o secretário-chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, David Busarello, promoveu reunião entre prefeitos de municípios afetados por chuvas e representantes da Defesa Civil Nacional para ajustar medidas de apoio às localidades. Participaram também técnicos da Defesa Civil.

Busarello destacou que o Estado está empenhando todo o esforço na pronta resposta aos municípios e população afetada. “Nosso objetivo é dar celeridade aos processos e por isso estamos disponibilizando técnicos da DCSC para atender os municípios com todas as informações e apoio necessário”, afirmou.

Situação de emergência

De acordo com o relatório informativo mais recente elaborado pelo Grupo de Ações Coordenadas da Defesa Civil (Grac-DCSC) divulgado às 20h30 da noite desta sexta, até o momento, 32 municípios reportaram ocorrências em virtude do evento de chuvas intensas, diversos municípios ainda não conseguiram registrar suas ocorrências pois estão atingidos ou com suas equipes totalmente empenhadas nas ações de resposta. Foram registradas três mortes.

Os municípios que já decretaram emergência: Araquari, Campo Alegre, Canelinha, Canoinhas, Corupá, Doutor Pedrinho, Garuva, Gaspar, Guaramirim, Itajaí, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Luiz Alves, Massaranduba, Major Gercino, Mafra, Nova Trento, Orleans, Palhoça, Paulo Lopes, Rio dos Cedros, Rio Negrinho, Rodeio, São Bento do Sul, Santo Amaro da Imperatriz, Schroeder, Timbó, Tijucas e Três Barras.

Casan

Na região da Grande Florianópolis, uma das mais castigadas pelas chuvas, a Casan informa que o abastecimento está sendo normalizado de forma gradativa. A Companhia ainda trabalha com equipes reforçadas devido a dificuldades de captação que prejudicam os municípios de Águas Mornas, Santo Amaro da Imperatriz, Angelina e Antônio Carlos. Nas regiões Norte e Sul, outros municípios apresentam dificuldades e exigem mobilização das equipes para minimizar os dados e o impacto no fornecimento de água.

A Casan reforça a orientação para o uso consciente da água até que os sistemas sejam restabelecidos na totalidade.

Celesc

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News
Foto Arquivo/Celesc

A Celesc continua atuando para sanar todas as ocorrências no sistema elétrico causadas pelas chuvas intensas que atingiram Santa Catarina nos últimos dias. Às 13h30, em todo o estado cerca de 25 mil unidades consumidoras estavam com o fornecimento de energia interrompido no estado.

Neste momento, a região da Grande Florianópolis contabiliza mais de 330 ocorrências. As 32 equipes leves e 11 caminhões em atendimento ainda encontram dificuldade de acesso em diversas áreas.

Uma das três forças de trabalho destacadas nesta sexta-feira, 2, conseguiu reconstruir, no início da tarde, a rede elétrica danificada na Guarda do Cubatão, que atende regiões como a Praia de Fora, Pinheira e Enseada de Brito, em Palhoça.

Já na região do Sombrio, Bairro Vargem dos Pinheiros, em Santo Amaro da Imperatriz, e em Águas Mornas, o estrago encontrado foi bastante significativo. Equipes da Celesc continuam empenhadas na reconstrução das redes elétricas que atendem os municípios. Da mesma forma, a atuação dos eletricistas continua sendo realizada com empenho nas cidades de Rancho Queimado e Angelina e as situações pontuais continuam sendo atendidas em Florianópolis e Biguaçu.

No Sul do estado as equipes da Celesc conseguiram reconstruir a rede elétrica localizada próxima à Rodovia Ivane Fretta e reestabelecer os religadores avariados. Entre outras ocorrências na região, um cabo partido na região do Farol de Santa Marta e em Laguna, atingindo aproximadamente 3 mil unidades consumidoras. As equipes já estão atuando na resolução dos dois casos.

A Celesc pede aos seus consumidores que, para todos os efeitos, considerem a rede energizada e mantenham a distância e os cuidados necessários com a rede elétrica. A recomendação é não tocar em fios partidos ou soltos na rua e, nesses casos, comunicar imediatamente à Companhia pelo telefone de Emergência: 0800 048 0196.

Previsão do tempo

Conforme o meteorologista da Defesa Civil, Victor Meirelles, a previsão é de pancadas de chuvas e temporais isolados entre a noite desta sexta-feira, sábado e domingo. “Essa chuva não vai ser persistente, mas vem na forma de pancadas. Ela deve ser pontualmente mais forte em algumas cidades”, alerta.

Fonte: Governo SC

Continua após a Publicidade