Assistência Social promove a formatura de 106 alunos na área de gastronomia e Jovem Aprendiz

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

Formandos fizeram parte dos cursos de panificação e confeitaria; doces de vitrine; pizzas italianas; pâtisserie e jovem aprendiz

A noite de quarta-feira, dia 30 de novembro, foi marcada pela confraternização e entrega de diplomas da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Camboriú. Em cerimônia realizada no Salão Paroquial Cristo Rei 106 formandos receberam certificados. Os alunos fizeram parte dos cursos de panificação e confeitaria; doces de vitrine; pizzas italianas; pâtisserie e jovem aprendiz. Os cursos da área de gastronomia fazem parte da inciativa Qualifica Camboriú, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

- PUBLICIDADE -
Continua após a Publicidade

“Hoje é um dia feliz que temos muito a comemorar. É uma oportunidade que o município oferece com o objetivo qualificar o maior número de pessoas possível. Agora, o mercado de trabalho tem 106 pessoas preparadas para ocupar vagas no município e na região” classifica o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen.

O curso de panificação teve o objetivo de passar técnicas para a produção de pães tradicionais, massas, tortas, doces finos, entre outros. Já a capacitação para a produção de doces de vitrine teve o propósito de ensinar os alunos a fazer guloseimas bonitas para aguçar a vontade dos clientes. O curso de pâtisserie e pettit gateau teve a finalidade de qualificar os cidadãos interessados na produção de doces e tortas da padaria francesa, com maior grau de elaboração. Por fim, a capacitação para a produção de pizzas italianas, ensinou os alunos a fazerem um dos principais pratos da culinária do país europeu. As capacitações não tiveram custo nenhum, pois todo o material e ingredientes utilizados foram disponibilizados pela Secretaria.

O Jovem Aprendiz é um programa de preparação e inserção de jovens entre 14 e 24 anos de idade no mercado de trabalho, proporcionando aos jovens a qualificação profissional e o diferencial curricular, por meio de aprendizado prático e remunerado. As aulas são oferecidas no contra turno escolar. “Eu sei o quanto é difícil deixarmos as nossas tarefas para buscarmos conhecimento. Espero que vocês continuem nessa bela caminhada misturando os ingredientes e colhendo bons frutos”, define a professora da turma do jovem aprendiz, Elisângela Schinemann.

Fonte: Prefeitura de Camboriú – SC

Continua após a Publicidade